02/03/2016

12:49

Por: Alberto Silva

Pesquisa divulga quais os políticos que estão mais em evidências nas redes sociais, veja…

A maior ferramenta de divulgação do mundo coloca políticos em evidências, um pulo para as eleições 2016.

Quem são os mais famosos e cotados políticos nas redes sociais? Um estudo feito pela Vértice, uma empresa incubadora da Universidade Federal Fluminense, mapeou, em fevereiro, os políticos com maior presença nas mídias sociais, momento em que a internet permitiu que a classe falasse diretamente com os eleitores, podendo dispensar, muitas vezes, a mediação dos tradicionais meios de comunicação.

Segundo o estudo, coordenado pelo professor Afonso de Albuquerque e divulgado pelo jornal O Globo, dez políticos são considerados líderes nas mídias sociais e, entre eles, estão Aécio Neves (PSDB), Romário Faria (PSB) e Eduardo Cunha (PMDB). Para identificar esse grupo, os pesquisadores analisaram as páginas do Facebook dos políticos com o maior número de curtidas, engajamento (comentários e compartilhamentos) e graus de entrada, ou seja, o quanto a página é seguida por outros políticos.

Na primeira das três fases, foram identificados os deputados federais com maior presença no Facebook. Nela, foram identificados três grupos: um formado por parlamentares governistas e também deputados de esquerda. Nesse grupo se destacam Jandira Fenghali (PCdoB/RJ), Maria do Rosário (PT/RS), Jean Wyllis (PSOL/RJ), Chico Alencar (PSOL/RJ) e Paulo Teixeira (PT/SP). Um segundo grupo é formado por parlamentares de oposição, entre eles, Carlos Sampaio (PSDB/SP), Mara Gabrili (PSDB/SP), Bruno Araújo (PSDB/PE), Ônix Lorenzoni (DEM/RS) e Antônio Imbassahy (PSDB/BA).

O terceiro grupo é estrutura entorno do presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Para os pesquisadores, o parlamentar apresenta maior número de conexões, mas paradoxalmente isto não se traduz em uma rede sólida de apoio. Isto acontece por dois motivos: ele está bastante isolado dos dois grupos principais da Câmara, seus seguidores são inexpressivos na rede, e portanto não potencializam sua liderança.

A segunda etapa da pesquisa concentrou o monitoramento entre os senadores. Nesse caso, o senador Aécio Neves se destaca e, no entorno dele, gravitam Aluysio Nunes (PSDB), Ronaldo Caiado (DEM), Álvaro Dias (PV) e Romário. A rede se estrutura em dois polos. Um mais de oposição ao governo e outro formado por senadores que apoiam o governo. Nesse grupo, se destacam Lindbergh Farias (PT/RJ) e Gleise Hoffman (PT/PR).

O estudo testou ainda o grau de influência dos políticos no Facebook (independentemente dos cargos). Nesse caso, a rede estrutura-se entorno de Dilma Rousseff e Aécio Neves. Para os pesquisadores, a forte participação de Aécio pode ser reflexo da visibilidade que ele teve durante a campanha presidencial de 2014, além também por ser um dos políticos com participação no debate sobre o possível impeachment da presidente. Essas características fazem Aécio Neves um dos principais líderes do Congresso Nacional. O interessante desses resultados é que o formato da rede (Dilma x Aécio) reproduz o mesmo cenário da disputa eleitoral 2014, um indicativo da polarização que muita gente pode facilmente perceber nos debates travados nas redes sociais.

(Via Universidade Federal Fluminense)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

93