06/04/2018

16:42

Por: Redação

Militantes do PT com armas de fogo estariam dentro de ônibus para atacar a Policia

Ajude e levar essa informação mais longe, compartilhe ...

Militantes do PT com armas de fogo estariam dentro de ônibus para atacar a Policia.




aqui

 

Militantes do PT com armas de fogo – A situação em frente ao sindicato dos metalúrgicos em São Bernardo do Campo

começa a ficar séria.

Um ônibus estacionado em umas ruas próximas ao local onde LULA está estaria abrigando alguns manifestantes  em posse

de arma de fogo

a tentativa é contra atacar uma possível invasão da Policia Federal no prédio.

Antes de publicar essa matéria, ao receber essa denuncia, nossa redação ligou a Policia Federal para relatar o fato e,

em resposta nos informam que isso seria averiguado.

Ou seja, se for confirmado, LULA não estaria apenas provocando uma forma de resistência em sim o início de uma guerra civil.

O que tem que ser entendido é que , a Policia apenas cumpre seu papel institucional, determinada pela justiça.




Militantes do PT com armas de fogo estariam dentro de ônibus para atacar a Policia

O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta, disse que o ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva não vai se entregar à Polícia Federal. A

afirmação foi feita durante ato no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC onde o petista continua reunido com lideranças políticas e advogados.

Pimenta disse ao finalizar do discurso que Moro não vai ver a imagem de Lula sendo preso no Jornal Nacional. “Se tu pensa que Lula ia

chegar 17h em Curitiba, tu espera até o Jornal Nacional porque tu não vai ter a imagem que tu queria”, afirma. No seu discurso,

Pimenta disse que Lula é a “espinha dorsal” do partido. “Eles acham que quebrando a nossa espinha dorsal vão nos derrubar. Não vão”,

disse e acrescentou: “Vai chegar o dia que vamos ver Moro, Dellagnol essa turma sentada no banco dos réus, porque eles são traidores

da nossa pátria.”




Militantes do PT com armas de fogo estariam dentro de ônibus para atacar a Policia

Após divulgar uma nota de solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o líder da Frente Nacional de Luta Campo e

Cidade (FNL), José Rainha Júnior, disse que a prisão de Lula por ordem do juiz Sérgio Moro pode levar a uma guerra civil. “A guerra

pode começar com um tiro, mas não se sabe com quantos pode acabar”, afirmou, referindo-se à militante do MST, Lindalva Pereira

de Lima Filha, baleada durante bloqueio de rodovia, na manhã desta sexta-feira (6) em Alhandra, na Paraíba




Militantes do PT com armas de fogo estariam dentro de ônibus para atacar a Policia

Ajude e levar essa informação mais longe, compartilhe ...

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

32
PENSA BRASIL NOTÍCIAS