18/09/2015

15:40

Por: Alberto Silva

Medida exata anticrise para o Brasil hoje é o impeachment. O resto é conchavo

– Folha: “Dilma é aconselhada a procurar FHC e Serra para aprovar medidas anticrise”. Única medida anticrise é impeachment. O resto é conchavo.

Nenhum brasileiro aguenta mais tanta conversa fiada e desculpas esfarrapadas do governo de Dilma, cada dia , cada semana é uma historia e uma desculpa nova, veja:

– Próxima semana: Eduardo Cunha responde questão de ordem. Primeira semana de outubro: decide sobre abertura de processo de impeachment. Tic-tac…

– Folha: Ajuste no pedido de impeachment visa rechaçar tese ainda defendida por Cunha de que fatos de mandatos anteriores não valem. Teatro de Cunha.

– Quero crer que Cunha “Underwood” se faz de moderado sobre impeachment só para não levar sozinho a culpa de derrubar Dilma. É um ator razoável.

– Luciana Lóssio liberou seu voto sobre reabertura de uma das ações da oposição pela cassação dos mandatos de Dilma e do vice Michel Temer. Com isso, o TSE pode retomar na terça-feira o julgamento interrompido com o placar de 4 a 1 a favor do Brasil. Lóssio e seu companheiro de partido Dias Toffoli ainda podem diminuir.

– O ministro Luiz Fux insiste que o TSE transforme a tramitação dos quatro processos da oposição sobre a campanha de Dilma em um só, sob a relatoria petista de Maria Thereza de Assis. É golpe do PT.

– Folha: Dilma quer usar Olimpíadas de 2016 para recompor popularidade, mas prefeito do Rio, Eduardo Paes, não faz força para tê-la nos eventos ligados aos Jogos. Ninguém quer Dilma por perto.

– Do presidente da OAB, Marcus Vinícius Coelho, ao Jornal da Globo sobre decisão do STF de proibir doação privada a candidatos e partidos: “Foi uma vitória da sociedade brasileira. A população não quer mais as campanhas milionárias, hollywoodianas”. Todo militante petista fala em nome da população brasileira, como se ela lhe tivesse concedido essa autoridade.

– Canta, PT. Canta com Lewandowski:
“Mesmo com toda a fama
Do tal do Brahma
Com toda a trama
Fazendo drama
A gente vai Lewando (x 3)
A gente vai Lewando essa lama”.

– “Lula está triste”, diz o irmão do Brahma, Frei Chico, ao Globo. “Estão fazendo críticas absurdas, e o partido não sabe como sair.” Oh, que dó! Se é por falta de adeus, PT saudações.

– Indagado sobre os erros cometidos pelo governo federal, o irmão de Lula respondeu: “Não temos como sacrificá-la (Dilma Rousseff) agora.” Não agora, mas o verbo é emblemático. Petistas sabem que a qualquer momento podem “sacrificar” Dilma ou qualquer outro membro do PT para salvar o projeto de poder do partido.

– A Pátria Educadora quer legalizar jogos de azar para elevar arrecadação. É a cara do PT tornar legal o ilegal para ganhar um dinheirinho; e ilegal o legal para tirar o dinheirinho dos outros.

– Folha: Dilma não esboçou reação ao saber que aprovação da CPMF mal tem 200 dos 308 votos necessários. Ela foi ao bingo tentar outra opção?

– O ator militante José de Abreu precisa colocar no Twitter as suas baixarias que ninguém escuta

(Via Felipe Moura) Veja

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

63

Clique aqui