"> ?> Lava Jato: Ex-senador e filho de Edson Lobão são alvos da operação - Pensa Brasil - Em busca da notícia

16/02/2017

14:27

Por: Alberto Silva

Lava Jato: Ex-senador e filho de Edson Lobão são alvos da operação

Foi nesta quinta-feira (16), que Agentes da Polícia Federal cumpriram seis mandados de busca e apreensão expedidos pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin, no Rio de Janeiro, Belém e também em Brasília. Os procurados são: o filho do senador Edison Lobão (PMDB-MA) Marcio Lobão e o ex-senador Luiz Otávio Campos (PMDB-PA).

O inquérito do STF que originou a Operação Leviatã investiga o pagamento e o recebimento de propina na construção da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. De acordo com a PF, integrantes de dois partidos teriam recebido propina de 1% sobre as obras civis do empreendimento, pagas por parte das empresas integrantes do consórcio construtor. O consórcio é composto por diversas empresas, entre elas algumas estrelas da Lava Jato, como Andrade Gutierrez, Odebrecht, Camargo Corrêa, Queiroz Galvão e OAS.

Edison Lobão foi eleito presidente da CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania), uma das mais poderosas do Senado, alvo de dois inquéritos vinculados à Lava Jato, tendo sido citado em algumas delações como um dos beneficiários do esquema de fraude na Petrobras articulado por um grupo do PMDB. Em outro, ele é investigado por desvios de dinheiro nas obras das usinas de Angra 3 e Belo Monte. Na época, ele ocupava o cargo de ministro de Minas e Energia, durante o governo de Dilma Rousseff (PT).

O ex-senador Luiz Otávio Campos é aliado do senador Jader Barbalho (PMDB-PA) e também ocupou cargos de destaque tanto no atual governo do presidente Michel Temer quanto na gestão da ex-presidente Dilma Rousseff. Ele foi secretário-executivo do Ministério da Integração Nacional, o segundo cargo mais importante na hierarquia da pasta, quando Temer ainda era presidente interino. Na gestão da petista, Campos ocupou a secretaria-executiva da extinta Secretaria Especial de Portos, comandada por Helder Barbalho.

 

Via Agência de Notícia e Folha Centro Sul

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

102