08/09/2017

17:21

Por: Alberto Silva

Johnny Cash: a história de um dos maiores ídolos da música internacional

Conheça um breve resumo sobre a vida de Johnny Cash.

Johnny Cash: a história de um dos maiores ídolos da música internacional

Johnny Cash nasceu no dia 26 de fevereiro de 1932, em Kingsland, Arkansas. Aos 3 anos de idade, ele e sua família foram morar em Dyess. Na cidade, ele começou a trabalhar na plantação de algodão de seus pais, aos 5 anos de idade. Junto com seus pais e irmãos, Cash ficava horas cantando durante o trabalho. Passou grandes dificuldades financeiras durante a Grande Depressão.

Em 1944, Johnny teve uma grande perda: seu irmão mais velho, Jack, sofreu um acidente na fábrica onde trabalhava, falecendo no dia 20 de maio. Um sofrimento que marcou a vida do cantor.

Johnny Cash morreu no dia 12 de setembro de 2003, aos 71 anos de idade, vítima de diabetes.

O artista passou a tocar guitarra e compor após os ensinamentos passado pela sua mãe e um amigo de infância. Na escola, ele chegou a participar da rádio local. Em 1950, Johnny se alistou na Força Aérea dos Estados Unidos. Ele chegou a ser designado como operador de intercepção de Código Morse, na Alemanha, onde criou sua primeira banda, “The Barbarians Landsberg”. Depois de ser dispensado, o cantor foi para o Texas e se casou com Vivian Liberto.

Morando em Memphis, Cash passou a tocar na noite até conseguir um contrato com a Sun Record, lançando o seu novo estilo Rockabilly. Sua primeira gravação ocorreu em 1955.

Johnny Cash: a história de um dos maiores ídolos da música internacional

Ao sair da gravadora, o artista fechou um contrato lucrativo com a Columbia Record, saindo em turnê no ano de 1960. Johnny Cash chegou a fazer participações no cinema, na década de 60. Cash passou a beber muitos e usar drogas, se tornando um problema para sua vida pessoal.

Depois de se envolver em diversos acidentes e tentar se matar, Johnny, com a ajuda da nova esposa, June Carter, passou a se tratar contra o vício. Ele chegou a ficar 7 anos limpo. Entre idas e vindas no mundo das drogas, o musicista fez grandes sucesso, se tornado um dos ícones da música americana.

Johnny Cash morreu no dia 12 de setembro de 2003, aos 71 anos de idade, vítima de diabetes. Apenas 4 meses depois de June falecer devido às complicações decorrentes de uma cirurgia do coração.

 

 

 

 

 

 

 

 

Galeria
Gente e TV |
1 de 5
Johnny Cash: a história de um dos maiores ídolos da música internacional

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

120

Clique aqui