15/03/2017

23:26

Por: Amaral

INCRÍVEL: As criaturas mais mortais que já foram encontradas na Amazônia! VEJA…

Veja quais são as criaturas mais mortais já encontradas na Amazônia.

A Amazônia é rica em cultura e história, a tradição de lá, os povos que já habitaram uma das maiores florestas do mundo e claro, as #criaturas incríveis e perigosa que habitam as matas.

De acordo com o site Top 10 Mais, um desses animais é o Poraquê, esta criatura não é mortal para os seres humanos, embora pudesse fornecer carga de choque, precisamente de 600V. O poraquê é realmente um peixe knifefish ao invés de uma enguia, e vive na água doce da Amazônia e subsidiárias.

Ele vive principalmente próximo ao fundo lamacento, embora surgissem constantemente pelo ar. Seu choque causaria um ataque cardíaco em humanos, e é eficaz para caçar sua presa, pequenos mamíferos e invertebrados.

A Amazônia está cheia de todos os tipos de cobras, mas esta é uma das mais mortais para humanos. Diz-se que cascavéis são responsáveis por 9% de todas as picadas de cobra graves na América Latina.

A Amazônia está cheia de todos os tipos de #cobras, mas esta é uma das mais mortais para humanos. Diz-se que cascavéis são responsáveis por 9% de todas as picadas de cobra graves na América Latina.

E a aparência das mordidas varia segundo a espécie da cobra, que levou a pelo menos uma morte, depois que médicos do sul do Brasil não conseguiram reconhecer uma mordida de cobra do norte do Brasil.

As aranhas também sempre dão um certo desconforto e uma das espécies que está presente na Amazônia é a armadeira, ela tem a distinção de ser a aranha mais venenosa do mundo, mas há um antiveneno eficaz disponível para neutralizar o veneno tão tóxico.

Na realidade, um estudo sugeriu que em um terço de todas as mordidas, a mesma nem deposita o veneno, e em outro terço, apenas deposita em pequena quantidade.

Uma das espécies mais famosas de cobra também está localizada na floresta, que é a sucuri ou #anaconda, ela nunca pára de crescer, e pode atingir 6.4 m em comprimento. A boa notícia é que não é venenosa, e a má notícia é que possui outras formas de matar sua presa.

O método preferido é sufocar a presa por apertá-la até que não consiga respirar e então é engolida inteira, sem mastigar. Ela leva uma semana para digerir seu alimento, então esta criatura não come com muita freqüência, mas quando está faminta ninguém está a salvo, incluindo humanos.

Veja um vídeo do canal Fatos Desconhecidos sobre o assunto:

Realmente são animais assustadores e que ninguém quer por perto, mas fazem parte da biodiversidade incrível que encontramos na Amazônia e devem ser preservados!

(Via Agência de Notícias)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

98