20/03/2015

09:23

Por: Alberto Silva

“GLOBO” homenageia Juiz Sergio Moura com prêmio “Faz a Diferença” a troco de que?

O juiz Sergio Moro, que conduz a Operação Lava Jato, viajará ao Rio de Janeiro para receber das mãos de João Roberto Marinho, dono da Rede Globo, o prêmio "Faz Diferença". Joaquim Barbosa, ex-ministro do STF, recebeu a mesma honraria da emissora na época do julgamento da Ação Penal 470

O colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, informa nesta quarta-feira que o juiz Sergio Moro, que conduz a Operação Lava Jato, irá ao Rio de Janeiro. Moro receberá das mãos de João Roberto Marinho, do grupo Globo, o prêmio ‘Faz Diferença’, que homenageia os brasileiros que mais se destacaram no último ano, aos olhos da emissora.

Ancelmo também informa que o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, irá estrear nos próximos dias um blog. Barbosa, dois anos atrás, recebeu o mesmo prêmio. Foi escolhido pelos Marinho como o brasileiro que ‘faz diferença’ por sua atuação no julgamento da Ação Penal 470, no chamado ‘mensalão’.

Embora tenham personalidades distintas, uma vez que Moro é bem mais contido do que Barbosa em suas manifestações, os dois fazem parte do mesmo fenômeno: a transformação da Justiça em espetáculo, num processo estimulado por alguns grupos de comunicação.

Barbosa saiu do STF e pretende ser candidato à presidência da República, em 2018, encarnando o papel de ‘justiceiro’. Nesse sentido, seu blog será um instrumento de ação política. Entre os personagens da cena política brasileira, ele é quem mais se favorece com o processo de negação da política tradicional, que vem ocorrendo nas últimas manifestações. Caso consiga encarnar o candidato capaz de personificar e levar adiante o grito ‘Fora, PT’, será um seríssimo candidato ao Palácio do Planalto.

Os Marinho, por sua vez, enxergam nesse processo uma oportunidade de, também, fazer valer seus interesses políticos e empresariais. Em editoriais, são constantes as manifestações contra o “lulopetismo”, mas também contra o modelo de partilha na exploração do pré-sal e a política de conteúdo nacional na Petrobras.

Recentemente, Erick Bretas, diretor da Rede Globo que já ocupou posições de chefia de jornalismo, defendeu publicamente o impeachment da presidente Dilma Rousseff e utilizou suas contas nas redes sociais para convocar o povo a participar das manifestações do último domingo.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

66

Clique aqui