13/05/2016

12:39

Por: Alberto Silva

Fogo em lixão de MADRI pode matar muita gente hoje ainda, veja..

Segundo o governo da região de Castilla-La Mancha, que acionou um plano de emergência, o fogo "produziu uma nuvem tóxica" que coloca parte da população de Seseña (20 mil habitantes) em risco, essa fumaça pode matar em 24 horas.

Uma imensa coluna de fumaça preta surgiu no céu de Madri após um incêndio de grandes proporções atingir um lixão ilegal de pneus a 50 km da capital da Espanha, entre os municípios de Valdemoro e Seseña.

Segundo o governo da região de Castilla-La Mancha, que acionou um plano de emergência, o fogo “produziu uma nuvem tóxica” que coloca parte da população de Seseña (20 mil habitantes) em risco, essa fumaça pode matar em 24 horas.

Bombeiros e helicópteros foram mobilizados para tentar conter o fogo, que já alcança pelo menos um quinto do lixão. Luis Villarroel, representante dos bombeiros de Madri, recomendou à população que feche portas e janelas das casas e evite contato com a fumaça. A princípio, nenhuma pessoa deverá ser desalojada.

Bombeiros e helicópteros foram mobilizados para tentar conter o fogo, que já alcança pelo menos um quinto do lixão. Luis Villarroel, representante dos bombeiros de Madri, recomendou à população que feche portas e janelas das casas e evite contato com a fumaça. A princípio, nenhuma pessoa deverá ser desalojada.

As causas do incêndio ainda não são conhecidas, mas investigadores suspeitam que ele tenha sido provocado deliberadamente.

De acordo com o jornal “El País”, o lixão de Seseña ocupa cerca de dez hectares e contém 6 milhões de pneus.
Aeroportos da região de Madri operavam, até 8h de Brasília, normalmente.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

102