22/06/2016

09:42

Por: Alberto Silva

Familiares dos ‘Mamonas Assassinas’ acusam emissora rede Record de exploração

A minissérie estava sendo escrita por Carlos Lombardi e a ideia era relembrar os primeiros passos de Dinho, Júlio, Bento, Samuel e Sérgio em Guarulhos, até o acidente trágico na Serra da Cantereira, São Paulo, em 1996

Parece que a produção da série sobre os ‘Mamonas Assassinas’ não está indo bem na Record. De acordo com a coluna Controle Remoto, do jornal ‘O Globo’, algumas cenas foram até gravadas, mas a emissora não conseguiu o montante esperado – e autorizado pela Ancine. A ideia era exibir a atração neste ano, quando a morte dos Mamonas Assassinas completou 20 anos.

Segundo a coluna de Flávio Ricco, o problema com as pessoas próximas aos músicos ocorre porque elas acreditam que a Record quer explorar a história com sensacionalismo, visando atrair audiência fácil para a atração.

Dentre os momentos que as famílias dos Mamonas Assassinas não querem que sejam abordados estão o período em que Dinho trabalhou como stripper e um roubo a um posto de gasolina, cujo dinheiro foi utilizado para a gravação de um CD. Em relação ao último caso, o canal quer dar um tom de pastelão à cena para amenizá-la.

A ideia era exibir a atração neste ano, quando a morte dos Mamonas Assassinas completou 20 anos.

A minissérie estava sendo escrita por Carlos Lombardi e a ideia era relembrar os primeiros passos de Dinho, Júlio, Bento, Samuel e Sérgio em Guarulhos, até o acidente trágico na Serra da Cantereira, São Paulo, em 1996. Ruy Brissac (Dinho), Adriano Tunes (Julio), Elcio Bonazzi (Samuel), Alberto Hinomoto (Bento) e Vinícius de Oliveira (Sérgio) darão vida aos cinco protagonistas.

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

101