17/07/2018

15:32

Por: Guilherme Silva

Ela usava uma bola de basquete no lugar das pernas; veja como está hoje

Ela usava uma bola de basquete no lugar das pernas; veja como está hoje

Ajude e levar essa informação mais longe, compartilhe ...

Ela usava uma bola de basquete no lugar das pernas; veja como está hoje

  aqui




 

Ela usava uma bola de basquete no lugar das pernas; veja como está hoje

Ela usava uma bola

Em 2005, o mundo ficou comovido com a história de uma garotinha chinesa, que se locomovia com o tronco apoiado

em uma bola de basquete. A menina filha de uma família com uma qualidade de vida precária, teve as duas pernas

amputadas depois de um grave acidente, quando ela tinha apenas 4 anos de idade.

 




 

A tragédia que mudou a vida de Qian Hongyan aconteceu em 2000, na cidade de Luliang County, Yunnan, China.

Ela foi atingida por um caminhão desgovernado, ficou gravemente ferida e para que sua vida fosse preservada, os

médicos que a atenderam optaram pela amputação.

Família paupérrima

 




 

Qian lutou pela vida bravamente, sobreviveu, mas como a família não tinha condições financeiras para investir em

uma prótese – ou mesmo para bancar algum tipo de tratamento de reabilitação – ela teve que aprender a

literalmente se virar. Foi seu avô que teve a ideia da menina se apoiar sobre uma bola de basquete e com a ajuda de

duas peças de ferro para que ela pudesse se locomover.

 




 

ssim, a pequena guerreira conseguia acompanhar as demais crianças e ter uma vida minimamente normal. Em 2005,

ela foi fotografada usando esse recurso e as pessoas começaram a chamá-la de “a garota do basquete”. As imagens

rodaram o mundo e a garotinha conseguiu arrecadar doações que permitiram que ela viajasse para a cidade de

Pequim, onde recebeu as suas primeiras próteses.

Campeã de natação

 




 

EM 2007, QIAN ENTROU PARA “SOUTH OF THE CLOUD” ONDE COMEÇOU A BRILHAR NA

NATAÇÃO. EM 2009, ELA JÁ HAVIA SE TORNADO CAMPEÃ NACIONAL, DEPOIS DE COMPETIR NO

EVENTO PARAOLÍMPICO DE NATAÇÃO NA CHINA.

POSTED BY DIRETO DA REDAÇÃOON MONDAY, JULY 16, 2018

Sinônimo de superação, a jovem se juntou a um grupo de natação chamado “South of the Cloud”, que se concentrava

 




 

em incluir jovens com habilidades diferentes, no ano de 2007. Competitiva e muito dedicada, ela se tornou campeã

nacional em um Evento Paralímpico de Natação na China, que aconteceu em 2009, no mesmo ano ela ganhou a

medalha de ouro em 100 metros no estilo peito nos Jogos Paralímpicos de Yunnan.

 




 

Qian esteve nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro em 2016, na ocasião ela já tinha completado 19 anos. E mais

uma vez competiu de maneira aguerrida: ela ficou em 4º lugar na prova de 100m nado peito.

Veja como ela está hoje

 




 

VEJA COMO QUIAN ESTÁ HOJE!

Ela continua lutando para se tornar cada vez melhor e sem dúvida alguma é um exemplo de superação que serve de

inspiração para o mundo.

 




Ajude e levar essa informação mais longe, compartilhe ...

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

31
PENSA BRASIL NOTÍCIAS