22/01/2016

11:24

Por: Alberto Silva

Documento que relata aparição de Óvnis é o mais acessado em acervo digital do FBI

Apesar de não se tratar do famoso “caso Rowell” o relatório descreve as características de supostas naves espaciais e seus tripulantes que foram encontrados no Novo México em 1950

Se você é fã de Arquivo-X, uma das mais longas e bem-sucedidas séries da televisão, e vai acompanhar a nova temporada a partir do dia 24 de janeiro, vai se identificar com essa notícia. Como a série aborda o tema da existência de vida extraterrestre, esse pode ser um dos motivos que levaram a população a acessar arquivos na biblioteca online do FBI que trazem diversas informações sobre Óvnis. Um arquivo em especial recebeu mais de 1 milhão de visualizações desde que foi disponibilizado para consulta pela lei americana de acesso a informação (FOIA).

OVNI-FBI-01

O arquivo em questão conhecido como “Memo Hottel”, e traz informações coletadas pelo ex-agente do FBI Guy Hottel em 22 de março de 1950. O relatório detalha vagamente sobre três objetos voadores não identificados recuperados em uma área no Novo México. O conteúdo do texto fala sobre as características das supostas naves, que eram “de forma circular, com o centro alto e cerca de 50 metros de diâmetro”, ainda segundo o relatório: “Cada UFO era tripulado por três seres alienígenas de forma humanoide, mas com apenas cerca de 95 centímetros de altura e estavam vestidos com um tecido metálico de textura muito fina, semelhante ao de vestimentas utilizados por pilotos de teste de altas velocidades”.

A história é semelhante ao famoso “Caso Rowell”, que também fala de um acidente aéreo envolvendo uma suposta nave alienígena, mas que mais tarde foi desacreditada pelos militares americanos devido ao crescimento do interesse das pessoas sobre o ocorrido. Segundo eles, a “nave” em questão era apenas um balão meteorológico usado para estudar a atmosfera.

OVNI-FBI-02

Após muita especulação sobre o relatório de Guy Hottel, o FBI publicou uma nota sobre o episódio dizendo que era apenas uma reivindicação e que nem houve preocupação em investigar o caso. Uma teoria muito utilizada pelos mais céticos fala que o documento foi forjado por um vigarista chamado Silas Newton, que alegava ter visto os discos voadores. A teoria também afirma que Newton havia contado a história à imprensa da cidade de Kansas e através da matéria, os militares teriam descoberto o ocorrido e denunciado ao agente Guy Hottel. No entanto, essa versão não foi confirmada pelas autoridades.

Ao que tudo indica, o relatório de Hottel parece ser apenas um memorando interdepartamental que narra uma suposta história sobre aparições extraterrestres. Tal como diversas outras que nunca foram comprovadas com evidências sólidas. No entanto, o documento segue como o arquivo mais visitado no site do FBI.

[ FBI / Atlas Obscura / Terra (reproduzido com autorização de Gooru) ] [ Foto: Divulgação ]

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

94