OutrosUncategorized

DESTAQUE – Bola de Ouro de Cristiano Ronaldo é o combustível para Real Madrid, veja aqui…

A chegada da delegação do Real Madrid ao Japão já demonstrou um pouquinho do que o português encontraria no país. No aeroporto, centenas de pessoas esperavam por qualquer contato com o craque.

O Real Madrid desembarcou no Japão para a disputa do Mundial de Clubes da Fifa como o grande favorito ao título. Afinal, é um gigante do futebol europeu, o clube mais rico do mundo, conquistou 11 vezes a Liga dos Campeões e tem Cristiano Ronaldo. A estreia será contra o América do México nesta quinta-feira, às 08:30 (de Brasília), em Yokohama. O SporTV transmite a partida ao vivo, e o GloboEsporte.com acompanha em tempo real. Quem vencer enfrenta na final o Kashima Antlers, que eliminou o Atlético Nacional após vencer por 3 a 0. CR7, para fãs e companheiros, é único. De fato, não é qualquer jogador do mundo que consegue quatro Bolas de Ouro. E o prêmio, que foi anunciado com a equipe espanhola já no Japão, virou motivo de febre e muita comemoração entre jogadores e torcedores merengues. aqui

A chegada da delegação do Real Madrid ao Japão já demonstrou um pouquinho do que o português encontraria no país. No aeroporto, centenas de pessoas esperavam por qualquer contato com o craque. Na entrada do Royal Park Hotel, os fãs fizeram uma espécie de vigília. Até um “varal” com várias camisas de Cristiano Ronaldo foi montado. Tinha blusa do Real Madrid, de Portugal e do Manchester United. Seu nome era uma oração entre os torcedores.

Na manhã seguinte ao anúncio da Bola de Ouro, outra demonstração de carinho e lealdade dos torcedores com Cristiano Ronaldo. Muitos levaram fotos do prêmio para a porta do hotel em Yokohama e comemoraram mais um feito do craque português. No elenco, o técnico Zidane deixou claro que ficaria acordado na madrugada japonesa para acompanhar o anúncio. Marcelo disse que CR7 merecia mais um prêmio, e Sergio Ramos ofereceu um bolo em formato de Bola de Ouro.

Imaginar o Real Madrid hoje sem Cristiano Ronaldo é imaginar uma bola sem um campo para jogar. Há pouco tempo, o craque renovou até seu contrato com o Real Madrid até 2021.

Imaginar o Real Madrid hoje sem Cristiano Ronaldo é imaginar uma bola sem um campo para jogar. Há pouco tempo, o craque renovou até seu contrato com o Real Madrid até 2021. Terá 36 anos quando o vínculo terminar, mas deixou claro que não pensa em parar e muito menos em deixar o clube. Por sinal, é conhecido por todos entre jogadores, comissão técnica e diretores como um perfeccionista, um profissional que não descansa e não aceita a derrota.

Com tantos títulos e recordes pelo Real Madrid, não é difícil encontrar quem já o considere o maior da história do clube. E um desses, que foi ídolo dos blancos como jogador, hoje comanda CR7 do banco de reservas. Zidane não tem dúvidas do tamanho de Cristiano para a equipe, e deixou claro que não aparecerá outro jogador como ele.

– Nenhum jogador do Real jamais vai conseguir o que Cristiano conseguiu. Acredito nisso. Tiro o chapéu para Ronaldo pelas quatro Bolas de Ouro. A verdade é que é muito complicado fazer o que está fazendo. E acredito que pode ganhar outra Bola de Ouro. A motivação que ele tem é tremenda. Pode jogar amistoso, o que quer é ganhar. Até nos treinamentos também quer ganhar. Sempre é assim – afirmou Zidane nesta quarta-feira, em coletiva de imprensa.
Se o Real Madrid tem um elenco galáctico e Cristiano Ronaldo para chegar à final do Mundial de Clubes, o adversário corre por fora. Come quieto pelas beiradas e joga toda a pressão para cima dos madrilenhos. Experiente, o técnico Ricardo La Volpe adotou um discurso de que o América do México vai entrar leve na semifinal, e que os comandados de Zidane sentirão a pressão pelo favoritismo.

– O nervosismo eles devem sentir mais do que nós, porque sempre quando se fala de um favorito por algo é o Real Madrid. Nós temos que sair com a tranquilidade de fazer uma partida inteligente. Sempre vou aplaudir o ímpeto e a vontade, mas sempre vou aplaudir mais quando há inteligência e capacidade. Porque não vou ganhar o Real Madrid suando a camisa. Temos que ser muito inteligentes – disse La Volpe em entrevista no Estádio Internacional de Yokohama.

(Via redação)

Related posts

Paraquedista morre após cair a 100 km/h durante salto em Boituva

admin

“Não teve ofensas” diz Mônica Iozzi sobre condenação

admin

Procuradoria recorre de decisão que absolveu acusados de torturar criança

admin