22/09/2015

11:38

Por: Alberto Silva

Deputado Federal do PMDB Jarbas Vasconcelos diz da certeza da prisão de LULA

O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) disse, nesta segunda (21), durante evento com empresários do grupo LIDE, em Pernambuco, que tem certeza que o ex-presidente Lula será preso; "Vocês têm dúvida de que Lula vai ser preso na operação Lava Jato? Vai ser uma cena bonita, ele caminhando para Curitiba, uma cena normal", afirmou ele, sendo aplaudido de forma entusiasmada pela plateia; no evento, ele recomendou a Lula que tenha "cuidado", depois de ter prometido ir às ruas defender o governo da presidente Dilma Rousseff e o ajuste fiscal; "Se ele não for de forma organizada, com segurança, ele corre o risco de ser agredido, ele apanha", afirmou; Jarbas defendeu ainda que Dilma renuncie ou sofra um processo de impeachment; rancor de Jarbas Vasconcelos é porque ele jamais digeriu as derrotas sucessivas que sofreu para Eduardo Campos nas eleições pernambucanas, que detinha o apoio de Lula

“Vai ser uma cena bonita, ele caminhando para Curitiba, uma cena normal”, afirmou ele, sendo aplaudido de forma entusiasmada pela plateia; no evento, ele recomendou a Lula que tenha “cuidado”, depois de ter prometido ir às ruas defender o governo da presidente Dilma Rousseff e o ajuste fiscal; “Se ele não for de forma organizada, com segurança, ele corre o risco de ser agredido, ele apanha”, afirmou; Jarbas defendeu ainda que Dilma renuncie ou sofra um processo de impeachment”

O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) disse, nesta segunda-feira (21), durante evento com empresários do grupo LIDE, em Pernambuco, que tem certeza que o ex-presidente Lula será preso pela Operação Lava Jato.

“Vocês têm dúvida de que Lula vai ser preso na operação Lava Jato? Vai ser uma cena bonita, ele caminhando para Curitiba, uma cena normal”, afirmou ele, sendo aplaudido de forma entusiasmada pela plateia.

No evento, ele recomendou a Lula que tivesse “cuidado”, depois de ter prometido ir às ruas defender o governo da presidente Dilma Rousseff e o ajuste fiscal.

“Se ele não for de forma organizada, com segurança, ele corre o risco de ser agredido, ele apanha”, afirmou.

O peemedebista ironizou ainda a defesa do ajuste. “O PT sempre gostou de dinheiro. Por que não dão um pouco para ele para votar no ajuste fiscal?”.

Jarbas defendeu ainda que Dilma renuncie ou sofra um processo de impeachment.

“Depois da renúncia ou impeachment, o Brasil será outro. Vamos respirar e trabalhar muito, pois nada cai do céu. O governo novo vai ter que fazer o ajuste”, afirmou.

Para o deputado, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deveria ter investigado Lula e Dilma. “A derrapada de Janot foi grande. Ele escorregou quando deveria ter investigado Lula e Dilma. Ele foi o mais votado no MP, não devia nada a ninguém”, comentou.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

66

Clique aqui