08/01/2017

20:21

Por: Alberto Silva

DEA-USA e INTERPOL ‘estariam’ investigando Aécio Neves por tráfico internacional de drogas

Outro investigado é o tesoureiro nacional do PSDB e também governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja. A denúncia partiu do Senador Paraguaio Arnoldo Wiens, membro da comissão que investiga o assassinato do jornalista Pablo Medina e de sua assistente, Antônia Almada.

Essas informações estão rodando de forma rápida pela web. Segundo informações a INTERPOL e o Departamento de Anti-Drogas dos EUA estariam na cola de Aécio Neves e tudo leva crer que notícias essa semana vai explodir no Brasil. Leia… INTERPOL E O DEA (DEPARTAMENTO ANTI-DROGAS DOS EUA) INVESTIGAM AÉCIO NEVES E O GOVERNADOR DO PSDB, REINALDO AZAMBUJA – TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS !!

R$ 14 milhões foram desviados dos cofres públicos para bancar a construção de um aeroporto em Cláudio-MG. A obra milionária foi construída bem ao lado da fazenda do senador do PSDB Aécio Neves, ou do “Palácio de Versalhes”, como o senador chama sua fazenda.

A Agência Americana Anti-drogas, envolver o senador Aécio Neves no tráfico internacional de drogas. O que levaria alguém à construir uma mega pista de aeroporto no meio do nada? Aécio nem avião tem, segundo suas declarações de renda. E por que não usar um helicóptero? este tipo de aeronave não necessita de pistas para pousar e seu custo é bem mais barato do que o frete de um jato ou avião de pequeno porte.

O juiz federal Marcus Vinícius Figueiredo de Oliveira Costa do Espirito Santo, recebeu em seu gabinete o agente da Polícia Federal Rafael Pacheco.

A pista construída com dinheiro roubado do estado de Minas Gerais, serve exclusivamente ao senador e sua família. Mas denúncias de corrupção contra ex-governadores tucanos geralmente não vão para frente porque não é qualquer procurador do Ministério Público estadual que pode denunciar ex-governadores, só os procuradores-gerais dos Estados que governaram, os quais esses ex-governadores escolhem a dedo. O caso foi abafado pela mídia tucana bancada pela Open Society do bilionário George Soros, o mesmo que banca FHC para fazer campanha para a liberação de drogas na América do Sul. FHC integra uma tal Comissão Global de Políticas sobre Drogas com dinheiro da Open Society de Soros, que em 2002, comprou terras na Bolívia, o país que mais planta, cultiva e fornece cocaína no mundo.

DEA – Órgão para o Controle/Combate das Drogas dos EUA investiga o senador Aécio Neves por tráfico de drogas. Aécio foi citado também na delação da Lava-Jato por ter recebido milhões de dólares em propinas e mesadas. Aécio é supostamente líder de uma máfia envolvida em tráfico e assassinatos, conforme vídeo que circula na internet, em que um ex-policial denuncia Aécio Neves e outros políticos de Minas. A Drug Enforcement Administration (DEA) esteve no Brasil no mês de novembro depois da repercussão nacional e internacional envolvendo o nome do senador Aécio Neves (PSDB) com helicóptero pertencente, a Agropecuária Limeira, preenchido com 450 quilos de cocaína.,

O juiz federal Marcus Vinícius Figueiredo de Oliveira Costa do Espirito Santo, recebeu em seu gabinete o agente da Polícia Federal Rafael Pacheco. Ele estava acompanhado de dois homens que falavam português com sotaque. Apresentaram-se ao juiz como agentes da DEA – a agência antidrogas americana. Os investigadores estrangeiros queriam saber o local do pouso do helicóptero que trouxe de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, pelo menos 445 quilos de pasta base de cocaína. O local do pouso estava registrado no GPS da aeronave.

A conversa era informal e se alongou. Os agentes da DEA contaram ao juiz que, assim como o México é a rota da droga para os Estados Unidos, o Brasil se transformou no principal corredor da cocaína exportada para a Europa, e assim como no México o tráfico de drogas alimenta a política, no Brasil não seria diferente, e essa especulação que envolve o nome do Senador Aécio Neves, “os interessa e muito”!.

Outro investigado é o tesoureiro nacional do PSDB e também governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja. A denúncia partiu do Senador Paraguaio Arnoldo Wiens, membro da comissão que investiga o assassinato do jornalista Pablo Medina e de sua assistente, Antônia Almada. Ele apontou o Tesoureiro Nacional do PSDB, e Governador eleito de Mato Grosso do Sul como como alguém que tem muita amizade com clã liderado pelo ex-prefeito de Ypejhú , Vilmar “Neneco” Acosta Marques, fugitivo da Justiça e traficante internacional de drogas.

Vilmar “Neneco” Acosta Marques é apontado como o maior contrabandista de maconha e cocaína para o Brasil, principalmente para as regiões Sul e Sudeste do País. “Neneco” também é acusado por diversos homicídios e chacinas no Paraguai. A amizade dele com Azambuja, põe o tucano na mira da Interpol.

O senador paraguaio disse ainda que a Interpol está investigando o caso e disse ser muito importante que a classe política brasileira também investigue. “Segundo o senador, seria muito interessante ver qual seria a reação da classe política brasileira diante das investigações. Estamos diante de uma situação em que a sociedade , cidadãos e a mídia irão dizer: não quero um estado governado por traficantes de drogas”, justificou. O senador disse que já tem reunião marcada com o procurador-geral do Brasil.

O helicóptero foi apreendido em Cláudio depois de deixar boa parte da droga em SP e estava com 50 Kg de cocaína que seriam deixadas em Cláudio. A pista do aeroporto de Aécio Neves foi cercada pela PF que fez a apreensão. Para onde seria transportada os 50 Kg? talvez se a PF aguardasse mais alguns minutos, poderia ver para onde o jipe que aguardava a aeronave, iria seguir. Seria para a fazenda do senador, bem ali ao lado?

A ligação do PSDB com drogas vem do próprio ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que afirmou ter usado a droga quando fazia subversão comunista nos anos 60. FHC hoje comanda uma comissão global pela legalização da maconha, bancada pelo bilionário illuminatis, George Soros que também banca o Diálogo Interamericano. A Open Society de Soros mantêm uma extensa rede de blogs, jornais e rádios pelo mundo que fazem apologia a liberação da maconha e da cocaína, bem como promove o socialismo global. Soros consegui a liberação da maconha no Uruguai e despeja alguns milhares de dólares na conta de FHC para que o tucano consiga a liberação da droga no Brasil e em toda a América do Sul.

FHC conseguiu em parte “legalizar” o consumo da maconha e da cocaína no Brasil ao baixar um decreto que impede a prisão de usuários das drogas que transportem pequenas doses de entorpecentes para uso próprio. Isso não só aumentou o número de usuários, como possibilita cenas inéditas onde usuário são vistos em plena luz do dia, fumando maconha e cheirando cocaína nas ruas, praias e em praças públicas sem que a polícia possa fazer apreensão. Com o decreto de FHC o mercado de drogas aqueceu e ganhou força, dando lucros estratosféricos para traficantes e contrabandistas. Na certa Soros ficou mais rico e FHC idem. Veja no link abaixo matérias sobre a Open Society e as ligações de FHC com a Open Society de George Soros.

A esquerda mundial bancada por Soros via Diálogo Interamericano e Open Society, prega a liberação das drogas e a institucionalização do socialismo em toda a América Latina e Europa e por isso conta com o comunista FHC e seu partido socialista, o PSDB para a empreitada de liberar as drogas e instalar o socialismo em toda a América Latina. Se duvidam, pesquisem!

FONTES:
http://www.pragmatismopolitico.com.br/…/verdade-sobre-o-aer…

http://www.plantaobrasil.com.br/news.asp?nID=84342

http://www.contextolivre.com.br/…/dea-veio-ao-brasil-apos-m…

http://correntesdaescravidao.blogspot.com.br/…/orgao-para-o…

http://www.revistaforum.com.br/…/depois-de-aecio-agora-o-t…/

http://veja.abril.com.br/…/legalizacao-da-maconha-no-urugu…/

http://veja.abril.com.br/…/felipe-moura-b…/tag/george-soros/

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

96