01/07/2017

11:20

Por: Caio Nobre

Conheça a alergia à proteína do leite

Conheças mais detalhes sobre a alergia à proteína do leite.

Conheça a alergia à proteína do leite

No mundo existem diversas doenças que causam transtorno na vida da pessoa. Um problema que pode atingir as crianças e que muitos pais não sabem como controlar é a alergia à proteína do leite (APL).

Parte das alergias alimentares provocam distúrbios gastrointestinais, isso não é diferente para quem sofre com rejeição à proteína do leite. A doença acomoda, especialmente, crianças antes dos 3 anos de idade e pode ter caráter transitório.

A doença acomoda, especialmente, crianças antes dos 3 anos de idade e pode ter caráter transitório.

Conheça a alergia à proteína do leite

A APL é a resposta do organismo desencadeada quando há presença da proteína específica do leite animal. Isso ocorre quando o sistema imunológico não reconhece adequadamente a substância, provocando diversas reações.

Dentre as principais reações que podem surgir, estão:

  • Urticária;
  • Rinite;
  • Tosse seca e asma;
  • Edema da laringite e
  • Vômito

Após algumas horas do consumo do leite, a criança também pode apresentar sinais de diarreia crônica, refluxo e sangue nas fezes.

Se o pequeno ingerir qualquer quantidade de leite e manifestar estes sintomas, é fundamental procurar ajuda médica para contornar o problema. Assim, o profissional da saúde fará o diagnóstico certo, apresentando os tratamentos mais eficazes.

Conheça a alergia à proteína do leite

Para entender o caso, o médico poderá solicitar o histórico de vida do paciente realizar dieta de eliminação e provas de tolerâncias.

Ao ser constado problemas de APL, uma dieta será recomendada. Dessa forma, é importante que qualquer alimento que possua leite animal seja eliminado do cardápio do portador, principalmente, se houver quadros agravantes no histórico do paciente. Algumas crianças desenvolvem uma intolerância acentuada, não podendo se aproximar de produtos à base de leite.

Para suprir a necessidade de cálcio, é fundamental oferecer um suplemento que possa complementar a alimentação, substituindo a ausência de elementos existentes no leite. Vale ressaltar que para obter informações detalhadas, é preciso solicitar assistência clínica.

 

Galeria
Saúde e Vida |
1 de 5
Conheça a alergia à proteína do leite

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

117

Clique aqui