03/02/2015

18:45

Por: Alberto Silva

Comissão faz novos pedidos de informação a Cerveró e Duque.

Solicitações já foram feitas à Petrobras e aos acusados, porém, dados recebidos até agora são incompletos

 

A Comissão de Ética Pública da Presidência fez novos pedidos de informação ao ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, investigado pela compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, e ao ex-diretor de Serviços da estatal Renato de Souza Duque, também investigado por seu envolvimento no caso de desvios de recursos da empresa.

A comissão pede informações sobre Cerveró desde abril de 2014. Os pedidos já foram feitos à Petrobras e ao próprio ex-diretor. Segundo o presidente da comissão, Américo Lacombe, os dados recebidos até agora são incompletos.

Em relação a Duque, esta é a segunda vez que a comissão pede informações. O processo contra ele foi aberto em novembro do ano passado.

De acordo com Lacombe, se a omissão persistir, a comissão pode tomar alguma decisão mesmo sem receber os dados pedidos. Não há prazo para que o colegiado conclua o processo.

Em dezembro, a comissão definiu pela aplicação de “censura ética” ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa. A medida representa uma “mancha no currículo” do servidor que, na prática, o impede de assumir cargos públicos no futuro. É maior punição que a comissão pode recomendar no caso de um ex-funcionário público.

Parte superior do formulário

 

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

67

Clique aqui