17/08/2016

10:44

Por: Alberto Silva

Após assalto confuso, Justiça proíbe nadadores de deixarem o Brasil

Mandado de busca e apreensão dos passaportes dos americanos envolvidos no caso foi expedido por juiza; Medalhista Ryan Lochte já teria deixado o país

A juíza Keyla Blank, do Juizado Especial do Torcedor e de Grandes Eventos, proibiu que os atletas dos Estados Unidos envolvidos na confusa história do assalto à mão armada no Rio de Janeiro deixem o Brasil.

Segundo reportagem da revista “Veja”, a Justiça já expediu um mandado de busca e apreensão dos passaportes dos atletas, na Vila Olímpica. Só que Ryan Lochte já deixou o Brasil, segundo o Globoesporte.com. Os demais envolvidos são Gunnar Bentz, Jack Conger e James Feigen.

O caso do agora suposto assalto aconteceu no domingo (14), com Lochte relatando que sofrera um roubo após sair de uma festa na Casa da França, na Lagoa Rodrigo de Freitas, Zona Sul da capital fluminense. O grupo estaria em um táxi quando foi abordado por bandidos armados portando distintivos falsos.

O caso do agora suposto assalto aconteceu no domingo (14), com Lochte relatando que sofrera um roubo após sair de uma festa na Casa da França, na Lagoa Rodrigo de Freitas, Zona Sul da capital fluminense. O grupo estaria em um táxi quando foi abordado por bandidos armados portando distintivos falsos.

A reviravolta começou após o jornal britânico “Daily Mail” conseguir um vídeo com imagens de segurança que mostram o medalhista Ryan Lochte e três outros nadadores chegando à Vila dos Atletas às 6h56 da manhã do domingo (14) em que eles relataram o crime. Os americanos aparecem calmos e em poder de seus objetos pessoais, como celulares, relógios e credenciais olímpicas, conforme destacou a Folha.

A Polícia Civil investiga o caso, que é acompanhado de perto por dois agentes do FBI.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

101