18/04/2016

20:52

Por: Alberto Silva

Urgente – Principais ministros de Dilma podem ser presos

Com a abertura do processo de impeachment e a tendência do Senado afastar de vez a ‘presidenta’, cinco ministros petistas, envolvidos na Lava Jato, perderão o foro privilegiado e vão parar nas mãos de Sérgio Moro.

É gente do primeiro time, que poderá vir a compartilhar da hospitalidade dos cárceres da Polícia Federal em Curitiba. São eles Aloizio Mercadante e Edinho Silva, alvos de inquéritos já abertos, passariam a ser investigados em Curitiba. Também Jaques Wagner, José Eduardo Cardozo e Ricardo Berzoini podem ser presos.

Wagner pode se tornar alvo de um inquérito se o Ministério Público Federal entender que houve possível crime em sua relação com Léo Pinheiro. José Eduardo Cardozo pode se tornar investigado se a Lava-Jato decidir apurar se houve possível obstrução da Justiça ao articular a nomeação do ministro Marcelo Navarro no STJ, conforme disse Delcídio Amaral.

É gente do primeiro time, que poderá vir a compartilhar da hospitalidade dos cárceres da Polícia Federal em Curitiba. São eles Aloizio Mercadante e Edinho Silva, alvos de inquéritos já abertos, passariam a ser investigados em Curitiba. Também Jaques Wagner, José Eduardo Cardozo e Ricardo Berzoini podem ser presos.

Já Berzoini foi citado por Otávio Azevedo em sua delação. Ele teria cobrado doações da Andrade Gutierrez também em virtude de outras obras da administração do PT, além da Petrobras.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

102