06/10/2016

09:33

Por: Alberto Silva

Tiririca é citado na operação Lava Jato, veja aqui…

Em 254 páginas e 21 termos, o senador não poupa correligionários, nem adversários.

O senador Delcídio do Amaral não demorou mais do que dois dias preso para começar a considerar a possibilidade de uma delação premiada. A delação foi homologada nesta terça-feira pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal.

Em 254 páginas e 21 termos, o senador não poupa correligionários, nem adversários.

O senador que era filiado ao PT delatou a presidenta, o ex-presidente, diversos ministros e muitos nomes da oposição, dentre eles o senador Aécio Neves,  que passará também a ser alvo das investigações. No entanto, o trecho mais surpreendente da delação é o que cita o deputado federal Francisco Everardo, o Tiririca.

Posso estar sendo chamado de otário por todos os outros deputados que aceitaram fazer isso. Não tem problema se ser otário é seguir os passos de Cristo, eu serei pra sempre um otário. Só que meus filhos nunca irão precisar me visitar num presídio. Entendeu Delcídio?

Segundo Delcídio, o deputado Tiririca teria sido convidado a fazer parte dos deputados que teriam como missão barrar a CPI da Petrobrás. Foi oferecido R$ 500 mil para ele votar contra a instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigaria o escândalo da estatal.

Ele imediatamente teria se alterado e ameaçado bater no operador do petrolão que já estava com a mala de dinheiro para suborna-lo. O operador foi expulso com empurrões e xingamentos. Imediatamente após o fato Tiririca mandou para o senador a seguinte mensagem:

Delcídio, não te chamo de excelência, porque você não é excelente. Nunca mais mande ninguém pra me oferecer dinheiro em troca de votos. Voto com minha consciência pensando no que pode ser melhor pro povo. Nem meu partido tem moral de me fazer mudar um voto, quanto mais seu dinheiro sujo.

Não entrei pra política atrás de dinheiro. Já passei fome na época do circo. Fiz sucesso e ganhei muito dinheiro. Perdi todo meu dinheiro e todo meu sucesso. Voltei pro circo sem nenhum constrangimento porque lá é minha casa. Me reergui graças ao povo e ao Tom Cavalcante. Mesmo na miséria não roubei dinheiro de ninguém. Não seria agora que sujaria minhas mãos e minha história.

Posso estar sendo chamado de otário por todos os outros deputados que aceitaram fazer isso. Não tem problema se ser otário é seguir os passos de Cristo, eu serei pra sempre um otário. Só que meus filhos nunca irão precisar me visitar num presídio. Entendeu Delcídio?

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

91