14/05/2016

14:10

Por: Alberto Silva

Surpreendentemente DILMA já não está mais em Brasília, ela reaparece e veja a supresa

Como velho ditado diz “Tem caroço nesse angu” Como se nada tivesse acontecido algo surpreendente fica ao redor da Presidente Dilma.
Ela reage como se nada tivesse acontecido, a presidente afastada Dilma Rousseff (PT) pedalou por quase uma hora na manhã deste sábado (14), em Porto Alegre. Desde que foi afastada do cargo pelo Senado, na última quinta (12), é a primeira vez que Dilma pedala publicamente. Ela saiu de Brasília e abandonou o Palácio do Alvorada onde teria direito de ficar no tempo em que está afastada.

A petista exercitou-se das 7h15 às 8h acompanhada de seguranças: dois guardas de bicicleta, três carros e uma caminhonete que levou as bicicletas até o ponto de partida, na orla do rio Guaíba. O trajeto escolhido foi da zona sul, onde fica seu apartamento, em direção ao centro da cidade.

Dilma respondeu sorridente aos cumprimentos que recebeu ao longo do trajeto. Ela não foi alvo de protestos enquanto andava de bicicleta.

A petista exercitou-se das 7h15 às 8h acompanhada de seguranças: dois guardas de bicicleta, três carros e uma caminhonete que levou as bicicletas até o ponto de partida, na orla do rio Guaíba. O trajeto escolhido foi da zona sul, onde fica seu apartamento, em direção ao centro da cidade.

A presidente afastada deixou Brasília no início da noite de sexta (13), por volta das 19h, com destino a Porto Alegre. A petista desembarcou na Base Aérea de Canoas, na região metropolitana, por volta das 21h30, e dali partiu de carro para seu apartamento na zona sul da capital gaúcha.

Dilma está em Porto Alegre para “curtir a família”, segundo sua assessoria. Ela passará o sábado e o domingo com sua filha, Paula Araújo, e seus dois netos: Gabriel, 5, e Guilherme, de quatro meses. Quando está na cidade, a presidente afastada também costuma encontrar seu ex-marido e conselheiro político informal, Carlos Araújo.

Antes de embarcar para o Rio Grande do Sul nesta sexta (13), Dilma concedeu entrevista coletiva a veículos de imprensa estrangeiros. Na entrevista, Dilma afirmou que “sofreu toda sorte de sabotagem”. Sobre a gestão de seu vice, o presidente interino Michel Temer (PMDB), Dilma afirmou que será um governo liberal no campo econômico e “extremamente conservador” na cultura e políticas sociais.
Ela ainda opinou sobre a decisão de Gilmar Mendes, ministro do STF, de suspender a coleta de provas da investigação sobre pagamento de propina ao senador Aécio Neves (PSDB-MG), no esquema de corrupção de Furnas. “Acho bastante interessante”, disse Dilma ironicamente. Segundo sua assessoria, Dilma deve retornar a Brasília na segunda-feira (16).

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

loading...
93