08/07/2016

10:40

Por: Alberto Silva

Pastora que acusa marido de pedofilia ficou 52 dias em coma; veja trajetória

A missionário Bianca Toledo está vivendo um novo drama em sua vida. Nesta quarta-feira (6) o senador e pastor Magno Malta (PR-ES) revelou em plenário que o então marido da pastora, Felipe Heiderich foi preso após abusar do próprio enteado de 5 anos.

A ex-cantora já havia divulgado um vídeo nas redes socias, durante a noite anterior à manifestação do parlamentar, onde afirmava que seu cônjuge, que também é pastor, seria pedófilo e homossexual. No vídeo, ela afirmou viver o pior momento de sua vida e ter sido enganada por Felipe.

Bianca é considerada uma celebridade no meio evangélico devido ao seu testemunho de vida. A então cantora quase morreu em 2011, após o seu intestino se romper enquanto estava grávida do primeiro marido. O bebê foi retirado a tempo e nada sofreu, contudo ela ficou em coma por 52 dias, teve falência múltipla de órgãos, duas paradas cardíadas e foi abandonada pelo pai de seu filho enquanto estava internada.

Veja também

 

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.