12/09/2016

08:28

Por: Alberto Silva

Passeata do PT termina em um fiasco com apreensões de muita maconha e armas

A conversa é velha. Os comunistas sempre encontram um jeito de condenar a ação policial.

A turma do PT tentou mais uma vez reunir os mortadelas na Av. Paulista em São Paulo neste domingo. Mas mesmo com os chefes da mortadelândia a manifestação foi raquítica. E olhem que lá estavam os ex-todo-poderosos petralhas, como o prefeito Haddad, o indefectível Suplicy, a candidata do PSOL Luiza Erundina e o chefete da bancada da chupeta, Lindberg Farias.

Apesar de todo o aparato da CUT que financia as mortadelas, nota-se que a já famosa iguaria está escasseando. Sem recursos para pagar centenas de ônibus de turismo em todas as capitais do Brasil para arregimentar mortadelas, a verdade se apresenta em todo o seu esplendor: os comunistas não passam, como de fato nunca passaram, de uma ninharia.

Mesmo caindo pelas tabelas os mortadelas mais agressivos estavam preparados para depredar. Mas a polícia paulistana foi mais ligeira. Segundo o site Diário do Poder, a manifestação começou pacífica, com um carro de som e batucadas, na Avenida Paulista. Na saída do ato, entretanto, a Polícia Militar prendeu três manifestantes. De acordo com a PM, eles estavam com máscaras, soco inglês, bola de gude, faca e triturador de maconha nas mochilas. A irmã de uma das detidas afirmou que o grupo estava fazendo uma “intervenção artística” quando foi alvo de ação dos policiais.

Apesar de todo o aparato da CUT que financia as mortadelas, nota-se que a já famosa iguaria está escasseando. Sem recursos para pagar centenas de ônibus de turismo em todas as capitais do Brasil para arregimentar mortadelas, a verdade se apresenta em todo o seu esplendor: os comunistas não passam, como de fato nunca passaram, de uma ninharia.

“A gente tava num grupo, a fotógrafa da Folha tirou uma foto nossa, mas fomos falar com ela, porque não queremos sair nessa imprensa manipuladora. A PM pediu para revistar bolsas, o RG, mas eu intervi porque eles não podiam tratar a menina assim. Era um policial homem. Levaram ela, que é menor de idade. Eles empurraram ela”, disse a manifestante que se identificou como Karina, 19 anos.

A conversa é velha. Os comunistas sempre encontram um jeito de condenar a ação policial. Mas a PM foi ligeira e discreta evitando que esses psicopatas maconheiros açulados pelo LULA promovessem novas depredações contra propriedades privadas e públicas.

Ao atestar como fracote a manifestação da turma do PT, o site O Antagonista fez uma pergunta que faz todo o sentido: “É disso que o Michel Temer tem medo?”

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

loading...
94