28/09/2016

10:35

Por: Alberto Silva

Para ajudar avó com Alzheimer, menina de 12 anos cria um aplicativo, VEJA…

Viver em Nova York, longe de alguns parentes que estão em Hong Kong, já era difícil para Emma Yang, 12 anos. Mas mais complicado que isso foi ter de lidar com os esquecimentos da avó, provocados pelo Alzheimer, que estava longe.

Começaram com telefones e endereços, partiram para aniversários e idades a avó não se lembrou do aniversário do filho nem da idade da neta até chegarem aos rostos dos parentes. Foi aí que a menina decidiu agir.

Filha de uma matemática e de um engenheiro de software, ela investiu no desenvolvimento de um aplicativo que pudesse ajudar a avó. E criou o Timeless – ou Eterno, em português.

O app é uma espécie de rede social para pessoas com demência. É possível convidar amigos e parentes a se juntarem ao grupo. Uma das seções criadas pela menina é a “Quem É Você”. Basta fotografar o rosto de uma pessoa para que a app identifique quem é ela e qual a relação com o paciente.

"Aplicativo avisa quando usuário tenta telefonar para a mesma pessoa em pouco tempo"

Para os casos em que o paciente esquece quem é ele próprio, o que acontece quando as doença chega a estágios avançados, Emma desenvolveu a seção “Eu”. Ela traz nome, idade, telefone, endereço e foto.

Há ainda uma área com hora, data, previsão do tempo e eventos. Quem inclui as tarefas é o cuidador. E, se a pessoa com demência tentar telefonar para alguém com quem já falou nos últimos cinco minutos, o Timeless pergunta: “Quer mesmo fazer essa ligação?”.

Para acessar o aplicativo, não é necessário login e senha. Basta usar os dedos – o ingresso é feito por impressão digital. O desenvolvimento do Timeless foi feito com a ajuda de um médico. Agora Emma está na fase de testes.

menina-de-12-anos

(Via Agencia)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

92