21/09/2016

10:57

Por: Alberto Silva

O FIM DA EXPLORAÇÃO DO PT – Preço da gasolina irá cair até 30% ainda este ano

O anuncio da redução de preços dos combustíveis deve ser feito já nos próximos meses, provavelmente logo após as eleições municipais de outubro. O governo Temer quer evitar que a medida seja considerada eleitoreira, assim como era comum nos governos anteriores.

A determinação do governo Temer em implantar uma nova política de preços para os combustíveis no Brasil foi manifestada logo nos primeiros dias de interinidade, ainda no mês de maio, conforme foi noticiado aqui no Imprensa Viva.

O governo agora parece estar pronto para anunciar a novidade e deve divulgar nos próximos dias a nova política de preços de combustíveis, que prevê a adoção do critério de alinhamento do preço praticado no Brasil com os do mercado internacional.

A política de preços dos governos do PT não seguia uma linha clara, na qual os preços eram elevados para fazer caixa para a companhia ou eram reduzidos, em épocas de campanhas eleitorais ou queda na aprovação popular. No entanto, com a crise de corrupção na estatal, desde o ano de 2014, a gasolina comercializada no Brasil tem sido mantida num patamar até 30% acima da média dos preços no exterior, segundo setores que acompanham a evolução dos preços no mercado.

O anuncio da redução de preços dos combustíveis deve ser feito já nos próximos meses, provavelmente logo após as eleições municipais de outubro. O governo Temer quer evitar que a medida seja considerada eleitoreira, assim como era comum nos governos anteriores.

O objetivo do governo a partir da implantação da nova política de preços, que já está sendo preparada pela diretoria da Petrobras, terá como princípio a paridade com os preços internacionais. Uma vez implantada a nova política, os preços dos combustíveis no mercado interno, assim como na maior parte do mundo, passarão a flutuar de acordo com a variação do dólar e com a cotação do petróleo no mercado internacional.

Esta nova orientação do governo pode beneficiar os consumidores durante muito tempo, tendo em vista a tendência de queda  na cotação do petróleo no mercado internacional e uma expectativa de pequena redução na cotação do dólar. A redução de até 30% no preço da gasolina, além de contribuir com a queda da inflação em praticamente todos os segmentos do mercado, ainda representa uma economia para o consumidor, que terá mais alguns trocados importantes para aquecer a economia.

(Via Agencia)

 

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

92