13/02/2016

14:47

Por: Alberto Silva

Não tem mais como negar, documentos comprovam que mudança de LULA foi para Sítio em Atibaia

Mais de 200 caixas foram entregues na propriedade, incluindo plantas da ex-primeira-dama Marisa Letícia, como informa reportagem de VEJA

Adega de Vinho que pertence ao povo Brasileiro, especiarias, presentes de chefes de estados a nossa nação, LULA levou tudo. Reportagem da edição desta semana de VEJA mostra que as relações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o sítio frequentado por sua família em Atibaia, no interior de São Paulo, são ainda mais umbilicais. Quando o petista deixou o governo, em 2011, seus pertences e de seus familiares foram levados para o sítio Santa Bárbara, como mostram documentos e um testemunho obtidos por VEJA.

Arquivadas na Presidência da República, as ordens de serviço e notas fiscais de uma das transportadoras pagas pelo governo para fazer o trabalho mostram que a mudança de Lula foi levada de Brasília para ao menos três endereços em São Paulo: o apartamento do ex-presidente em São Bernardo do Campo, um depósito na capital e o sítio em Atibaia.

A entrega da mudança se deu em 8 de janeiro de 2011 – dois meses após o sítio ter sido comprado em nome dos sócios de Fábio Luiz, o Lulinha. Quem recebeu o carregamento, e assinou os papéis, foi Rogério Aurélio, ex-assessor especial de Lula no Planalto. Acompanha os registros da mudança um inventário da carga. Foram mais de 200 caixas – 37 delas de bebidas, conforme registraram, cuidadosamente, os funcionários incumbidos do serviço. O carregamento incluía ainda, além da carroça, plantas da ex-primeira-dama Marisa Letícia, aparelhos de ginástica e quadros.

ÔA!... Lula enviou seus pertences ao sítio, pediu aos empreiteiros que reformassem o sítio, frequentava regularmente o sítio, mas garante que o sítio não lhe pertence

Lula enviou seus pertences ao sítio, pediu aos empreiteiros que reformassem o sítio, frequentava regularmente o sítio, mas garante que o sítio não lhe pertence(VEJA.com/VEJA)

(Via Veja e agência)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

92