20/07/2016

09:40

Por: Alberto Silva

Morte de sobrinho de LULA, suspeita de queima de arquivo “ele sabia demais”

Marcelo é filho de um irmão de Lula por parte do pai. O autor do crime, Marcelinho, está foragido, afirma o 2º Distrito Policial de Guarujá.

Um sobrinho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi assassinado a tiros em Guarujá, no litoral doe São Paulo, no último domingo (17). A Polícia Civil divulgou o caso nesta terça-feira (19), após identificar o autor do crime contra Marcelo Rúbio Lima Gomes, de 36 anos, conhecido como Pernão.

Segundo o G1, o crime aconteceu no bairro Pae Cará, na esquina da Avenida São João com a Rua Carvalho Pinto. Ele estava acompanhado por amigos quando começou a discutir com Marcelo Machione Mendes Faria, conhecido como Marcelinho. Os investigadores ainda não sabem o motivo da discussão.

O investigador Nivaldo Ribeiro, um dos responsáveis pelo caso, ouviu o depoimento da mulher da vítima, que afirma que o suspeito e o sobrinho de Lula se conheciam. “Ela disse que o companheiro usava maconha e cocaína, acrescentando que estava em casa quando ouviu os disparos”, disse Ribeiro ao jornal A Tribuna.

Porém, amigos do sobrinho de LULA relataram que poderia ele, ter sido vítima de queima de arquivo, informações dão conta de que o 'sobrinho' usava droga, ficava bêbado e saia falando coisas particulares da família do ex-presidente, o que teria ocasionado seu assassinato.

Porém, amigos do sobrinho de LULA relataram que poderia ele, ter sido vítima de queima de arquivo, informações dão conta de que o ‘sobrinho’ usava droga, ficava bêbado e saia falando coisas particulares da família do ex-presidente, o que teria ocasionado seu assassinato.

Após a briga, Marcelo atirou três vezes contra a vítima, no peito e na coxa. Ele foi levado para o Pronto Socorro de Vicente de Carvalho, mas não resistiu aos ferimentos.

Marcelo é filho de um irmão de Lula por parte do pai. O autor do crime, Marcelinho, está foragido, afirma o 2º Distrito Policial de Guarujá.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

96