20/09/2016

09:10

Por: Alberto Silva

Lobista diz ter pago propina a dois políticos do PT, mas não declina nomes, bandido defendendo bandido !

Ministro do TSE ouviu Zwi Skornicki em processo que pede a cassação da chapa Dilma-Temer

O lobista Zwi Skornicki, apontado como operador de propinas pela Operação Lava Jato, revelou ter pago propina a dois políticos do PT nas eleições de 2014.

Ele, no entanto, não declinou os nomes. A declaração foi feita em audiência com o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjamin, relator de um dos processos movidos pelo PSDB que pede a cassação da chapa Dilma/Temer na Justiça Eleitoral.

O declínio na resposta de Zwi está relacionado ao fato de ele estar em tratativas de delação premiada com o Ministério Público Federal desde junho.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

92