12/05/2016

19:34

Por: Alberto Silva

Jaques Wagner apela, faz acusação e esquece que perdeu foro, vai se complicar …

O ex-ministro Jaques Wagner (Gabinete Pessoal da Presidência) afirmou nesta quinta-feira (12) que a presidente afastada, Dilma Rousseff, está “sóbria” e que a chegada de Michel Temer (PMDB) ao Palácio do Planalto é uma “farsa”.

“Sai a legitimidade do Palácio e entra a farsa. Sai quem tem voto e entra quem nunca teve voto para entrar”, afirmou Wagner após Dilma deixar o Palácio do Planalto acompanhada de assessores.

“Todo mundo sabe que a presidente Dilma não cometeu crime nenhum, que o golpe começou depois da eleição, e depois conseguiram transformar o impeachment em uma bandeira de luta. Desde janeiro de 2015 eles levantam a bandeira do impeachment sem causa. É meio ridículo”, completou o petista.

Segundo o agora ex-ministro, “só a distância histórica” vai fazer com que as pessoas “enxerguem que foi feito”. “É um golpe pior que o outro [1964], porque no outro pelo menos aqueles que entenderam que o caminho do país estava errado assumiram o risco e fizeram as coisas”, disse Wagner.

ARRUMAÇÃO
Menos de dez minutos após Dilma Rousseff deixar com sua equipe o Palácio do Planalto, assessores de Temer já estavam no segundo andar do prédio, onde vai ocorrer a cerimônia de posse dos ministros do governo interino do peemedebista e sua declaração à imprensa.

Temer divulgou a lista de seus ministros enquanto a agora presidente afastada ainda discursava do lado de fora do Planalto.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

93