14/05/2016

22:10

Por: Alberto Silva

Governo de TEMER descobre a realidade, cadê o dinheiro? caixa zero mesmo, veja

Isso era financiado de duas formas. O governo pagava uma parte da obra e dava subsídios via BNDES. No final, a conta caía no Tesouro.

Simplesmente não da pra acreditar, estamos tendo acesso a tudo agora ai veio o grande susto, pois esperávamos um rombo e não o caixa zerado.Moreira Franco, que será secretário do PPI(Programa de Parceira de Investimentos), afirma que o governo não tem mais dinheiro para subsidiar tarifa baixa aos usuários das concessões e que o retorno das empresas será definido por critérios matemáticos.
Dilma não deixou nada no caixa, eu estou dizendo nada mesmo, não tem como fazer nada, o caixa está zero, completou.

“Não dá para resolver problema de aritmética com ideologia”, disse em entrevista à Folha Moreira, ex-governador do Rio e que foi ministro da Aviação Civil no governo Dilma Rousseff.

Folha – O modelo de concessão estava baseado em reduzir ao máximo as tarifas. Vai continuar assim?

Não dá para resolver problema de aritmética com ideologia", disse em entrevista à Folha Moreira, ex-governador do Rio e que foi ministro da Aviação Civil no governo Dilma Rousseff.

Moreira Franco – Isso era financiado de duas formas. O governo pagava uma parte da obra e dava subsídios via BNDES. No final, a conta caía no Tesouro. O governo não tem mais dinheiro. Vamos buscar a modelagem necessária em cada projeto para que não tenha subsídio.

O senhor falou que o governo anterior, de Dilma Rousseff, fixava taxas de retorno. Mas isso é obrigatório pelos órgãos de controle, que pedem uma taxa de referência para determinar a tarifa, por exemplo. O governo anterior puxava para baixo…

Não tem que puxar nem para baixo nem para cima. Há métodos que permitem chegar ao valor com precisão. O que não pode é achar um valor e dizer que “está alto” e criar subsídio para baixar. Não dá para resolver problema aritmético com ideologia.

Mas como fugir da pressão dos usuários por preço baixo?

Mercado. Quando você vai comprar arroz e está caro, você vai em outro lugar, substitui. Não dá é para disfarçar com subsídio.

O senhor já tem um conjunto de concessões prioritárias?

Vamos levantar isso nas agências do governo e resolver os problemas mais fáceis para iniciar as obras de novas concessões. Temos de começar a gerar empregos.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

93