10/02/2016

20:30

Por: Alberto Silva

Em vídeo para o PT LULA admite e afirma “Erramos e quem erra tem que pagar”

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva publicou vídeo em sua página no Facebook cumprimentando o PT pelos 36 anos

ASSISTA O VÍDEO AQUI >>> O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) divulgou nesta quarta-feira (10) um vídeo na internet em homenagem aos 36 anos de fundação do Partido dos Trabalhadores.

Aparentemente abatido, o ex-presidente reconheceu que o partido cometeu erros, mas disse que o PT é o partido “mais importante da política brasileira”. “É certo que cometemos erros e quem comete erros paga pelos erros que cometeu”, disse Lula.

No vídeo, com pouco mais de três minutos e meio, Lula não disse a que “erros” ele se referia e disse a inclusão da chamada classe trabalhadora na política incomoda setores mais conservadores da sociedade. “Isso incomoda porque a parte mais pobre da população, a parte mais humilde da população, ocupando um papel de protagonismo que não existia antes, afinal de contas, nós só existíamos para bater palmas, nunca para sermos aplaudidos”, disse o ex-presidente.

Lula afirmou que o PT foi o partido que “mais inovou” na política brasileira quando criou, nos anos 80, o chamado orçamento participativo. “Foi uma revolução”, disse o ex-presidente. Lula disse também que o PT foi o partido que mais “fez política social na história” do país e que por isso “vive enfrentando os adversários conservadores que não aceitam o jeito petista de governar”.

Nas últimas semanas, o ex-presidente vem sendo alvo de reportagens e investigações que colocam sob suspeita a propriedade de um tríplex no Guarujá (SP) e um sítio em Atibaia (SP), frequentado pela família de Lula. O petista nega ser proprietário dos dois imóveis. Os donos do sítio são sócios de Fábio Luis, filho de Lula. No vídeo, Lula não cita as investigações.

O ex-presidente afirmou que o PT não é uma “seita” e elogiou o que chamou de pluralidade da sigla. “O PT não é uma seita em que todo mundo tem que pensar a mesma coisa, comer a mesma coisa, andar pelo mesmo caminho. O PT é um partido político plural”, afirmou.

Antes de encerrar o vídeo, Lula reconheceu que o partido, abalado por casos como o mensalão, a Operação Lava Jato e a Operação Zelotes, passa por “adversidades”. “Esse é o PT criado por você, criado por mim, criado pelo povo brasileiro, que se Deus quiser, apesar de toda a adversidade momentânea, ainda vai continuar sendo o grande partido da história desse país”, afirmou.

Lula termina a gravação fazendo uma nova menção ao momento atual do partido. “Um abraço e vamos torcer para que quando estivermos comemorando 37 anos, estejamos mais fortes do que estamos hoje”, disse.

(via Uol e agências)

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

93