07/12/2015

19:06

Por: Alberto Silva

ELE ENCONTROU A CURA E AI : MORTE MISTERIOSA, CORPO DO MÉDICO QUE ASSOCIOU VACINAS AO AUTISMO ENCONTRADO MORTO EM UM RIO

Na semana passada, um proeminente pesquisador sobre o autismo e opositor das vacinas, foi encontrado morto a flutuar num rio da Carolina do Norte, em circunstâncias que muitos acham suspeitas.

Na tarde da última sexta-feira, um pescador encontrou o corpo do Dr. James Jeffery Bradstreet, no rio Rocky Broad em Chimney Rock, Carolina do Norte.

“Bradstreet tinha uma ferida de bala no peito, que parecia ser auto-infligida, de acordo com os delegados policiais”, informou a WHNS.

Num comunicado de imprensa, o Gabinete do Xerife do Condado de Rutherford anunciou: “ Os Mergulhadores da Esquadra de Resgate do condado de Henderson deslocaram-se ao local e recuperaram um revólver do rio.”

Está em curso uma investigação sobre a morte e os resultados de uma autópsia estão previstos para breve.

Dr. Bradstreet dirigia uma clínica privada em Buford, Georgia, que se concentrava em “tratar  crianças com Transtorno do Espectro do Autismo, TPP e distúrbios neurológicos e de desenvolvimento relacionados.”

Entre vários tratamentos, o Wellness Center do Dr. Bradstreet realizava supostamente tratamentos para lidar com a “toxicidade do mercúrio”, acreditando ser o metal pesado um fator preponderante no desenvolvimento do autismo infantil.

O Dr. Bradstreet levou a cabo o esforço para identificar a causa da doença depois que o seu próprio filho contraiu a doença após uma vacinação de rotina.

“O autismo me ensinou mais sobre medicina do que a própria faculdade de medicina,” afirmou o médico numa conferência, de acordo com Jake Crosby do Epoch Times.

Além de tratar pacientes, Bradstreet também oferecia prova pericial no tribunal federal, em nome das famílias afetadas pelas vacinas e foi o fundador e presidente do Centro Internacional de Recursos de Desenvolvimento da Criança, que, durante algum tempo, empregou como “director de pesquisa”, o especialista em autismo, muito desprezado, Dr. Andrew Wakefield.

As circunstâncias à volta da morte de Bradstreet tornam-se mais curiosas devido a uma recente rusga de surpresa aos seus escritórios levada a cabo por um conjunto de agências liderado pelo FDA.

“O FDA ainda não revelou a razão porque os agentes revistaram o escritório do médico, alegadamente um ex-pastor, que tem sido controverso por bem mais de uma década”, relatou o Gwinnett Daily Post.

Páginas de mídia social dedicadas à memória de Bradstreet, estão cheias de comentários de famílias que dizem que o médico falecido teve um grande impacto em suas vidas para o melhor.

“O Dr. Bradstreet era o médico do meu filho, depois que meu filho foi diagnosticado com autismo. Ele fez milagres”, afirmou um usuário do Facebook. ” Com16 anos, o meu filho está agora com uma vida normal à sua frente graças a ele. Todos os dias lhe agradeço.”

Outra pessoa escreve: “Serei eternamente grato e agradecido ao Dr. Bradstreet por ter recuperado o meu filho … do autismo. Os tratamentos mudaram a vida do meu filho, para que ele possa crescer e viver uma vida normal e saudável. Sentiremos grandemente a falta do Dr. Bradstreet! “

Foi também criada uma página no “GoFundMe” por um dos membros da família de Bradstreet que procura ” Encontrar as respostas para as muitas perguntas que levaram até à morte do Dr. Bradstreet, incluindo uma investigação exaustiva sobre a possibilidade de jogo sujo.”

Apesar dos pedidos da sua família para que se evitem especulações por parte do público, mesmo assim, muitos chegam à conclusão que a morte do médico faz parte de uma conspiração.

“Auto-infligida? No peito? Eu não engulo essa”, comenta uma pessoa na lista de comentários da WHNS. “Este era um médico que tinha acesso a produtos farmacêuticos de todos os tipos. Este era um homem religioso com uma prática médica próspera. Desculpem, mas isso fede a assassinato e a encobrimento”.

Outro comentador teve uma conjectura mais definitiva:

“Ele NÃO se matou! Foi assassinado por causa de contra quem estava a falar, do que sabia, e do que estava a fazer sobre isso. Ele era um tipo de médico brilhante, compassivo, com incríveis habilidades para curar. Ele foi levado. Parado. Silenciado. Por que é que um médico que tinha acesso a produtos farmacêuticos e poderia morrer em paz, daria um tiro no próprio peito???? E lançar-se-ia num rio?? ISTO É ÓBVIO! ASSASSINATO!! “

Os arranjos fúnebres para o enterro do Dr. Bradstreet ainda estão pendentes na casa funerária Cecil M. Burton em Shelby, Georgia.

Fonte: http://yournewswire.com/body-of-doctor-who-linked-vaccines-to-autism-found-floating-in-river/

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

106