17/11/2015

15:28

Por: Alberto Silva

DILMA vai pegar dinheiro da catástrofe em Mariana R$ 250Mi para cobrir corrupção do governo federal.

Dilma dá calote em Mariana. R$ 250 milhões em multas pela tragédia vão cobrir rombo no orçamento.

Dilma vai dar o tombo até na desgraça alheia, ao invés de deixar o Dinheiro em Mariana, vai cobrir rombo de corrupção do seu governo. Mariana e outras cidades afetadas pela tragédia não serão recompensados com o dinheiro das multas aplicadas aos responsáveis pelos danos. O prefeito da cidade, Duarte Junior, reuniu-se com a imprensa esta semana para expor o que teria sido discutido com a presidente Dilma Rousseff, durante a visita dela à região de Minas Gerais, atingida pelo rompimento de duas barragens, na última semana.

Segundo o prefeito, os R$ 250 milhões de multa que o governo Federa aplicar a Samarco Mineração, devido aos graves danos ambientais, não irão para a cidade, que deve distritos dizimados com a tragédia. “O dinheiro da multa vai para o governo federal. Não prometeram nada pro município”, afirmou o prefeito.

O prefeito insiste na criação de um fundo para auxiliar a recuperação da região devastada. Júnior continua solicitando que a União abra mão da Compensação Financeira pela Exploração dos Recursos Minerais (Cfem). Mas Dilma e o governador Fernando Pimentel, ambos do PT, tiraram o corpo fora e alegam que quem tem que arcar com os prejuízos causados na região é a Samarco. Ao governo cabe apenas receber as multas.

Esta prática não é inédita. O governo federal está usando o dinheiro da multa extra de 10% sobre o FGTS pago por empresas em caso de demissões sem justa causa para cobrir perdas de arrecadação desde 2012.

Ao contrário do que o governo Dilma sustenta, os recursos não estão no bolo que financia o programa habitacional Minha Casa Minha Vida. A dívida do governo federal com o fundo, que pertence aos trabalhadores, já chega a R$ 9,1 bilhões. Quase metade desse valor, R$ 4,46 bilhões, vem da multa de 10% que não foi repassada ao fundo, e o restante, R$ 4,057, do subsídio que o governo deixa de pagar por sua participação no programa habitacional.

Com os R$ 250 milhões das multas aplicadas à Samarco não será diferente. Dilma deu mais uma pedalada e deixou as populações de Mariana e região na lama.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

loading...
92