14/06/2016

12:42

Por: Alberto Silva

Cunha volta ameaçar “Vou cair só se for atirado, e vai muita gente comigo, eu arrasto e eles sabem” veja aqui..

Agência Estado informa que o presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mandou avisar ao presidente Michel Temer que, se não for salvo, leva com ele para o fundo do poço 150 deputados federais, um senador e um ministro próximo ao Palácio do Planalto.

A Isto É afirma que Cunha perdeu apoio do Palácio do Planalto, do PMDB e do Centrão (maior bloco parlamentar informal do Congresso) na luta para manter o mandato. Antes poderoso, o presidente afastado da Câmara está acuado por antigos aliados, que o pressionam para que renuncie ao cargo na direção da Casa, e pela Operação Lava Jato. Cunha vê a preservação do mandato como única forma de não ser preso – ele teme que seus processos sejam remetidos a primeira instância e fiquem sob cuidados do juiz Sérgio Moro.

Segundo o Diário do Poder, Cunha já jogou a toalhada e não tem esperanças de retomar a presidência da Câmara, mas não quer nem ouvir falar na hipótese de perder o mandato de deputado. O presidente afastado da Câmara já teria negociado sua renúncia a presidência da casa em troca de manter o seu mandato.

Cunha coloca em xeque o congresso e se for preso, pode delatar todo mundo.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

96