OutrosUncategorized

Vinte detentos ameaçados de morte são transferidos para outra prisão em menos de 24 horas, veja..

Presos que haviam sido transferidos para Itacoatiara foram mandados para outra prisão em menos de 24 horas.

Na madrugada desta terça-feira homens da Força Nacional desembarcaram em Manaus para poder ajudar na crise das penitenciárias que estão sem condições de receber os detentos. A Força Nacional foi autorizada a ir para o Amazonas e Roraima por cobrança dos governadores e do ministro da justiça, Alexandre de Moraes. aqui

Confira o que o site Veja falou sobre o assunto:

Os vinte detentos que haviam sido transferidos na manhã de segunda-feira para a unidade prisional de Itacoatiara, na região metropolitana de Manaus, estão retornando para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no centro da capital, nesta terça. A informação foi confirmada pelo comando da operação.

A determinação foi da juíza de Execuções Penais do município, Dinah Câmara. Na segunda, o titular da Secretaria Adjunta de Operações (Seaop), Orlando Amaral, havia afirmado que a decisão de transferir os presos de Manaus para Itacoatiara tinha sido tomada para evitar futuras mortes.

A determinação foi da juíza de Execuções Penais do município, Dinah Câmara. Na segunda, o titular da Secretaria Adjunta de Operações (Seaop), Orlando Amaral, havia afirmado que a decisão de transferir os presos de Manaus para Itacoatiara tinha sido tomada para evitar futuras mortes.

O site Estadão também comentou sobre o ocorrido:

FORÇA NACIONAL

Na madrugada desta terça-feira, a primeira aeronave modelo C-99 trazendo a Força Nacional desembarcou no Aeroporto de Ponta Pelada, no bairro Crespo, zona sul da capital, com 29 pessoas a bordo. Uma segunda aeronave modelo Hércules chegaria ainda nesta manhã, com mais 71 homens. Ao todo, cem pessoas foram destacadas para compor a equipe que reforçará a segurança no Estado.

A medida faz parte do auxílio do governo federal a sete Estados que pediram ajuda para reforçar a segurança do sistema penitenciário local. Além do Amazonas e Roraima, também solicitaram ajuda Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Amazona (SSP-AM), a ideia principal é que o efetivo dê reforço na segurança do entorno, podendo dar apoio às barreiras, ajudar na recaptura de fugitivos, escolta e guarda de presos que eventualmente precisem se deslocar para algum tribunal, por exemplo.

(Via Agência de Notícias, Estadão e Veja)

Related posts

Após virar réu, Sérgio Moro diz que prisão de Lula é uma página virada! Entenda…

admin

Indícios de suicídio é o que apresenta o segundo governo de Dilma

admin

Soja tem grandes vantagens no combate ao câncer – Pensa Brasil – Conectado com você

admin