OutrosUncategorized

PRECONCEITO – “É menos lixo andando na estrada” diz homem que matou afro-americano

De acordo com testemunhos dados pela polícia sobre o caso, suspeito e vítima cruzaram-se numa rua em Charleston, no estado da West Virginia e a conversa rapidamente subiu de tom, levando William a puxar do revólver que tinha consigo e disparar sobre o jovem no abdómen.

Dos muitos atos xenófobos ou racistas que ganharam força com a vitória de Donald Trump, este é mais um deles. Trata-se de um homicídio cometido por William Pulliam, de 62 anos, que matou James Means, um afro-americano adolescente, de apenas 15 anos. aqui

De acordo com testemunhos dados pela polícia sobre o caso, suspeito e vítima cruzaram-se numa rua em Charleston, no estado da West Virginia e a conversa rapidamente subiu de tom, levando William a puxar do revólver que tinha consigo e disparar sobre o jovem no abdómen.

Imediatamente imobilizado pelas autoridades, diz o Metro.uk, o sexagenário negou que a raça tenha sido o motivo do disparo, mas afirmou perante a polícia que, com a morte de Means, “era menos lixo que passava a estar na estrada”.  O homem vai a julgamento e poderá passar o resto da vida na prisão.

Imediatamente imobilizado pelas autoridades, diz o Metro.uk, o sexagenário negou que a raça tenha sido o motivo do disparo, mas afirmou perante a polícia que, com a morte de Means,

(Via Redação)

Related posts

Mãe salva o filho que estava sendo atacado enquanto dormia por cobra de 3 metros

admin

Câmara cassa mandato de Eduardo Cunha, mais um fora da sujeira da política brasileira …

admin

TERROR – O massacre entre facções em Manaus pode chegar ás ruas, entenda…

admin