PolíticaUncategorized

Cármem Lúcia evita visita no presídio de Alcaçuz

Presidente do STF evitou ir a Alcaçuz por achar que sua segurança estava ameaçada

A ministra Cármem Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), desistiu de uma visita à penitenciária de Alcaçuz, pois ela foi alertada de que uma eventual ida ao local colocaria a sua segurança em risco, porque a prisão já estaria fora de controle. aqui

Segundo o CNJ, Alcaçuz tinha 1.803 presos em regime fechado, mas apenas 620 vagas em outubro que foi quando a ministra iniciou a maratona de inspeções em penitenciárias. Apesar da insistência de ministra,  as autoridades acharam melhor que a sua ida à penitenciária fosse cancelada, sob a alegação de que presos já haviam derrubado paredes e tinham até explosivos.

Cármen, optou então por visitar a penitenciária federal de Mossoró, o Centro de Detenção Provisória de Parnamirim e a Penitenciária Estadual de Parnamirim, município a 14 km de Natal. Ela foi escoltada por agentes do Grupo de Operações Especiais e considerou as condições presídios estaduais muito ruins. “O número de presos provisórios é muito grande, em condições absolutamente degradantes”, relatou ela.

Via Agência de Notícias e Isto é

Related posts

A crise bate seu recorde, mesmo com perda de clientes cresce números de garotas de programas

admin

Após ficar em coma nos EUA lutador do UFC viciado em heroína morre

admin

Fátima Bernardes diz que sente NOJO de comida que Bela Gil levou ao 'Encontro', veja aqui…

admin