PolíticaUncategorized

Cármem Lúcia evita visita no presídio de Alcaçuz

Presidente do STF evitou ir a Alcaçuz por achar que sua segurança estava ameaçada

A ministra Cármem Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), desistiu de uma visita à penitenciária de Alcaçuz, pois ela foi alertada de que uma eventual ida ao local colocaria a sua segurança em risco, porque a prisão já estaria fora de controle. aqui

Segundo o CNJ, Alcaçuz tinha 1.803 presos em regime fechado, mas apenas 620 vagas em outubro que foi quando a ministra iniciou a maratona de inspeções em penitenciárias. Apesar da insistência de ministra,  as autoridades acharam melhor que a sua ida à penitenciária fosse cancelada, sob a alegação de que presos já haviam derrubado paredes e tinham até explosivos.

Cármen, optou então por visitar a penitenciária federal de Mossoró, o Centro de Detenção Provisória de Parnamirim e a Penitenciária Estadual de Parnamirim, município a 14 km de Natal. Ela foi escoltada por agentes do Grupo de Operações Especiais e considerou as condições presídios estaduais muito ruins. “O número de presos provisórios é muito grande, em condições absolutamente degradantes”, relatou ela.

Via Agência de Notícias e Isto é

Related posts

Temer afirma que seu governo não será 'covarde' como foi o da ex-presidente Dilma

admin

Crise no Brasil? Só para população. Senado acaba de renovar toda sua frota de carros

admin

Agora já é tarde, CUNHA tem dois caminho, cassação ou cadeia e ele promete retaliação – Pensa Brasil – Conectado com você

admin