PolíticaUncategorized

Como fazer para declarar o Imposto de Renda quando é MEI?

O MEI é obrigado apenas a emitir Declaração Simplificada, devendo ser entregue até o último dia estipulado pela Receita. Neste documento, é necessário constar o valor do faturamento do ano anterior

aqui

Se você é formalizada como #MicroempreendedorIndividual (MEI), então sabe que existem algumas obrigações que devem ser seguidas para conseguir exercer sua atividade.

Uma delas é pagar uma taxa de DAS. No entanto, uma dúvida que ronda a cabeça destes profissionais é em relação a Declaração Anual do #ImpostodeRenda. Para entender essa situação, então continue lendo este artigo até o fim.

Uma ótima notícia para profissionais que são cadastrados como MEI. Entretanto, aqueles que ultrapassam esse valor, serão obrigados a pagar imposto como qualquer outro empresário

O MEI é obrigado apenas a emitir Declaração Simplificada, devendo ser entregue até o último dia estipulado pela Receita. Neste documento, é necessário constar o valor do faturamento do ano anterior.

Contudo, ele ainda tem como obrigação fazer a #DeclaraçãodoImposto de Renda de Pessoa Física.

Como fazer para declarar o Imposto de Renda quando é MEI?

Para fazer essa transferência de situação à #ReceiteFederal, o empresário deve declarar seu lucro líquido anual.

Ou seja, ele deve pegar a receita bruta recebida pela atividade registrada e diminuir as despesas que são realizadas durante sua função empresarial. Então, o montante obtido deverá ser constado no IRPF.

De acordo com a legislação que rege as atividades da Microempresa, ou Microempreendedor pode ser #isentodoimposto.

Mas para isso, o valor obtido anualmente não deverá ultrapassar o limite máximo estabelecido em lei. Atualmente, este valor é de R$60.000, podendo ser alterado nos próximos anos.

Como fazer para declarar o Imposto de Renda quando é MEI?

Agora, para que ele seja completamente isento, terá que comprovar na declaração todo o recebimento ganho ente o mês de janeiro e dezembro do ano anterior ao que ele fará a transferência de dados.

Uma ótima notícia para profissionais que são cadastrados como #MEI. Entretanto, aqueles que ultrapassam esse valor, serão obrigados a pagar imposto como qualquer outro empresário.

Se você possui mais dúvidas em relação a este assunto, então procure por mais informações na Receita ou na Prefeitura da sua cidade.

Related posts

Dilma está pedindo encarecidamente, por favor, para aprovarem a CPMF

admin

Lewandowski e Gilmar Mendes se atacam no Supremo Tribunal, assista aqui…

admin

Saiba como fazer um delicioso Cheesecake de copo, você não vai se arrepender

admin