OutrosUncategorized

Após polêmica com a Friboi, Rei Roberto Carlos volta a comer carne

Em 2014, Roberto Carlos teve o contrato de R$ 45 milhões rompido pelo frigorífico JBS, cerca de um ano antes do vencimento, após o resultado de uma pesquisa qualitativa apontar que o público não confiava no músico, já que se declarava vegetariano e que ele estaria incentivando o consumo.

Roberto Carlos voltou a comer carne após polêmica envolvendo o comercial da marca Friboi, em 2014. O cantor, que se declarou há mais de trinta anos vegetariano – dieta adotada por Bruna Marquezine – contou em entrevista ao “Programa do Jô”, no ar nesta sexta-feira (9), que consome a proteína e que também é fã de “junk food”: comida rica em calorias e de baixa qualidade nutritiva como batata frita, hambúguer, biscoito e salgadinhos. aqui

“Durante 32 anos eu fiquei sem comer carne por razões místicas mesmo. Eu devia estar fazendo um curso para ser santo”, brincou o artista, que recebe cachê mais alto que Wesley Safadão. “Depois, cheguei à conclusão, em conjunto com meu médico, de que eu poderia voltar a comer carne. E eu adoro sanduíche e ‘junk food’. Não sou de comer comidas sofisticadas”, explicou o Rei, que vai gravar clipe em espanhol com Jennifer Lopez.

Em 2014, Roberto Carlos teve o contrato de R$ 45 milhões rompido pelo frigorífico JBS, cerca de um ano antes do vencimento, após o resultado de uma pesquisa qualitativa apontar que o público não confiava no músico, já que se declarava vegetariano e que ele estaria incentivando o consumo. Com a repercussão negativa e os comentários, ele se mostrou chateado.

Existiu um exagero muito grande em relação a isso. Falaram que eu só voltei a comer carne porque a Friboi me ofereceu. É mentira. Eu jamais faria uma coisa dessa na minha vida, seria um absurdo, não combina comigo esse tipo de coisa, fazer uma propaganda que eu não concorde ou não uso.

“Existiu um exagero muito grande em relação a isso. Falaram que eu só voltei a comer carne porque a Friboi me ofereceu. É mentira. Eu jamais faria uma coisa dessa na minha vida, seria um absurdo, não combina comigo esse tipo de coisa, fazer uma propaganda que eu não concorde ou não uso. Já deixei de fazer comerciais ou fazer campanhas, acertar contratos por não concordar com aquilo. Tudo isso que falaram é um absurdo”, desabafou ao “Uol”.

Após a quebra de contrato, ele moveu uma ação judicial contra a marca pelo rompimento milionário e pediu R$ 7,2 milhões pela multa, mas a Friboi e o Rei chegaram em uma acordo comum após a polêmica.

(Via Redação)

Related posts

Aulas de Claudinha Leitte para Neymar não serviram de nada #TAQUARARACHADA

admin

Golpe armado, Renan Calheiros reúne PMDB e diz que não irá cumprir decisão do STF

admin

Minas Gerais terá novas eleições para governador, Pimentel será cassado, TSE derruba suas contas

admin