PolíticaUncategorized

[Urgente] LULA teria fugido SIM da Policia Federal, entenda…

Salvo um fato novo, em meio as denuncias foi comprovado a saída de LULA com jato particular diversas vezes…

LULA tem saído do território nacional frequentemente com medo da PF. Este site “Pensa Brasil” noticiou um FURO que hoje é destacado pelos principais jornais do Brasil e do mundo. Começaram a circular fotografias de Lula, Marisa e amigos tendo ao fundo um jatinho da Brasif, a empresa que administrava lojas nos aeroportos brasileiros. aqui

Sim, a mesma Brasif que negou ter ajudado Fernando Henrique a sustentar Míriam no exterior mediante um fictício contrato de prestação de serviços de aviões particulares.

Jonas Barcellos, dono da Brasif, tentou vendê-la para um grupo suíço durante o segundo governo de Fernando Henrique, seu amigo. Não conseguiu.

Conseguiria em março de 2006, ano da reeleição de outro amigo seu, Lula. Na época, travou-se um áspero combate no núcleo duro do PT.

Uma ala, liderada pelo ex-ministro José Dirceu de Oliveira e o ex-tesoureiro Delúbio Soares, era favorável à venda da Brasif.

Outra, liderada por Luiz Gushigen, então Secretário de Comunicação Social da Presidência da República, era contra.

Gushigen temia eventuais suspeitas que o negócio pudesse despertar em ano eleitoral. Elas recariam sobre um governo fragilizado pelo escândalo do mensalão, deflagrado um ano antes.

E, ao fim e ao cabo, prejudicariam Lula e o PT. Gushigen perdeu o combate. Os olhinhos de Delúbio brilharam.

O ex-governador de Pernambuco, Carlos Wilson Campos, Cali, acabou nomeado presidente da Infraero, a empresa federal responsável pela infraestrutura dos aeroportos.

E a venda de parte da Brasif consumou-se afinal. Por 500 milhões de dólares, o grupo suíço Dufry comprou dois negócios da Brasif: a operação de varejo e a Eurotrade, uma empresa de logística.

Na semana passada, tão logo repercutiu a entrevista de Míriam a Folha de S. Paulo contando detalhes do seu caso amoroso de seis anos com Fernando Henrique, líderes do PT apressaram-se em pedir que o Ministério da Justiça apurasse o possível ato criminoso embutido no contrato firmado por ela com a Brasif.

Sugeriram que Fernando Henrique usara a empresa para ocultar dinheiro transferido por ele à Míriam.

A Brasif pagou a Míriam depois de ter sido procurada pelo jornalista Fernando Lemos, cunhado dela. Míriam acusa Lemos, que morreu em 2012, e a irmã Margrit Dutra Schmid, com quem brigou há mais de 10 anos, de terem embolsado uma fatia do dinheiro do contrato.

Lemos achacou dinheiro de empresas a pretexto de ajudar Míriam a manter-se exilada na Europa como colaboradora da TV Globo.

A ordem, hoje, dentro do PT é esquecer Míriam para não lembrar o negócio da Brasif com o grupo suíço. O PT e Lula já enfrentam problemas em excesso com a Lava-Jato. Não querem arranjar mais um.

Procuradores vasculham negócios de empreiteiras brasileiras em Portugal e em países da África que poderiam ter beneficiado o PT e Lula. O silêncio de Lula é uma tática conhecida de defesa.
O interessante nisso é que também foi descoberto e divulgado pela aeronáutica que LULA tem recorrido a um dos jatos particulares oferecido por esta empresa para sair do território nacional  diversas vezes. Só de janeiro de 2016 até a data de ontem o METAR registrou a saída de LULA por avião particular do espaço aéreo brasileiro 5 vezes.

Vai que ele diz algo que possa amanhã ser contestado? É por isso que Lula evita depor no inquérito sobre o tríplex no Guarujá e o sítio em Atibaia. Está fugindo da polícia.

Related posts

URGENTE! Morre ex-ditador do Uruguai, veja…

admin

Arquidiocese quer destruir monumento do Cristo Redentor no RJ por fala de pagamento, veja aqui…

admin

Polícia Civil procura vídeos para achar os pichadores em monumentos de SP

admin