OutrosUncategorized

Nasce primeiro bebê de três pais

Esta é uma grande notícia e um grande negócio. É revolucionário, afirmou Dusko Ilic do Kings College, em Londres, onde a nova técnica foi legalmente aprovada.

Abrahim Hassan é o primeiro bebê no mundo a nascer com o DNA de três pais. A informação foi divulgada nesta terça-feira (27) pela revista especializada “New Scientist”. aqui

Hassan tem o DNA de sua mãe e de seu pai, além de um pequeno pedaço de código genético de um doador. A nova técnica de fertilização foi realizada por cientistas norte-americanos. De acordo com a publicação, Abrahim Hassan nasceu no México há cinco meses.

“Esta é uma grande notícia e um grande negócio. É revolucionário”, afirmou Dusko Ilic do Kings College, em Londres, onde a nova técnica foi legalmente aprovada. Apesar de controversa, a nova técnica de fertilidade permite que os pais com mutações genéticas raras possam ter bebês saudáveis.

De acordo com a publicação, a mãe de Abrahim, Ibtisam Shaban, transporta genes para a síndrome de Leigh, uma doença rara de origem metabólica e que afeta todo o sistema nervoso em desenvolvimento.

De acordo com a publicação, a mãe de Abrahim, Ibtisam Shaban, transporta genes para a síndrome de Leigh, uma doença rara de origem metabólica e que afeta todo o sistema nervoso em desenvolvimento.

Genes para a doença residem no DNA das mitocôndrias, usinas de energia das células que são transmitidas pelo lado materno e carregam 37 genes. Cerca de um quarto das mitocôndrias de Shaban tem a mutação causadora da doença.

De acordo com a revista, Shaban já havia perdido seus dois primeiros filhos devido à síndrome. Com a nova técnica de fertilização, Abrahim está livre de ter a condição genética de sua mãe.

Shaban e seu marido, Mahmoud Hassan, procurou a ajuda de John Zhang e sua equipe do Centro de Fertilidade de New Hope, em Nova York (EUA). O procedimento médico foi realizado no México, onde não há leis que proíbam essa técnica.

Zhang desenvolveu uma maneira de evitar a doença mitocondrial usando uma técnica de “três-parent”. O método, aprovado no Reino Unido, é chamado de transferência pronuclear e envolve fertilização do óvulo da mãe e de um óvulo doador com o esperma do pai. Antes de os ovos fertilizados iniciarem a divisão em embriões em estágio inicial, cada núcleo é removido. O núcleo do óvulo fertilizado do doador é descartado e substituído pelo óvulo fecundado da mãe.

(Via Agencia)

Related posts

Grazi Massafera fica deformada após fazer cirurgia nos dentes, veja imagens…

admin

“VERGONHA” Dilma decreta sigilo em 760 documentos envolvendo seu governo e Odebrech, até 2030

admin

Jesús Dátolo assume ser dono dos R$ 150 mil apreendidos com argentinos

admin