OutrosUncategorized

MBL só queria isso, eleger prefeito e vereadores, protestos era só desculpa esfarrapada.

Maiores feitos do Movimento Brasil Livre (MBL) foram o vereador Fernando Holiday em São Paulo e o prefeito de Monte Sião, José Pocai Junior

Uma das organizações que liderou os protestos pró-impeachment e contra a corrupção, o Movimento Brasil Livre (MBL) fracassou em 82% das tentativas de eleger representantes em sua primeira participação nas eleições. Foram oito candidatos eleitos e 36 não eleitos em todo o país. Em compensação, conseguiu um prefeito e sete vereadores, sendo dois deles em capitais. aqui

O MBL não é um partido, mas indicou como seus representantes 44 candidatos – um deles a prefeito, e os demais a vereador. O levantamento considera apenas a lista divulgada oficialmente no site do MBL, apesar de integrantes do movimento terem entrado na campanha de outros candidatos, como o prefeito eleito de São Paulo João Doria (PSDB) – o tucano não foi indicado como integrante do grupo.

Para tentar se aproveitar da popularidade do grupo, alguns candidatos usaram como “sobrenome” eleitoral nas urnas a sigla MBL ou Brasil Livre. Mas não conseguiram sucesso.

Confira:

Os maiores feitos foram a conquista da prefeitura de Monte Sião (MG) por José Pocai Junior, do PPS, com 43,28% dos votos válidos e as vagas no parlamento de Fernando Holiday (DEM), com 48.055 votos na Câmara Municipal de São Paulo (SP), e de Ramiro Rosário (PSDB), com 4.676 votos na Câmara Municipal de Porto Alegre (RS). Em Maringá (PR), Homero Marchese (PV) foi o vereador mais votado.

Os candidatos do MBL disputaram vagas pelos seguintes partidos: DEM, NOVO, PEN, PHS, PMDB, PP, PRB, PPS, PROS, PSB, PSC, PSDB, PTB, PTN e Solidariedade.

Nome Estado Partido Cidade Resultado Ramiro Rosário RS PSDB Porto Alegre Eleito Fernando Holiday SP DEM São Paulo Eleito Marschelo Meche SP PSDB Americana Eleito Caroline Gomes SP PSDB Rio Claro Eleito Filipe Barros PR PRB Londrina Eleito Homero Marchese PR PV Maringá Eleito Leonardo Braga RS PSDB Sapiranga Eleito José Pocai Junior (prefeito) MG PPS Monte Sião Eleito Luís Felipe Nunes PB DEM Campina Grande Não eleito Marcelo Angeli PR PROS Foz do Iguaçu Não eleito Gil Corrêa MG PSDB São João Del Rei Não eleito Ramiro Zinder SC DEM Florianópolis Não eleito Grasiele Rodrigues ES PSC Guarapari Não eleito Adalberto Maurer RS DEM Caxias do Sul Não eleito Rodrigo Hávila PA Solidariedade Santarém Não eleito Douglas Goy PR DEM Irati Não eleito Matheus Sperry RS NOVO Porto Alegre Não eleito Roni Stefanuto SP PP Guarulhos Não eleito Marco Jacobsen RS PP Santa Maria Não eleito Maike Pereira Trancoso ES PP Santa Leopoldina Não eleito Leonardo Barcellos ES PSDB Anchieta Não eleito Gabriel Neubert RS PP Capão da Canoa Não eleito Fabricio Melos PR PSC Cascável Não eleito Gabriel Bueno Fioravanti SP PMDB Valinhos Não eleito Silvio Antônio Fernandes Filho GO DEM Goiânia Não eleito Lawrence Bianchini Barnabe Waclawiak SP PTB Pirassununga Não eleito Eder Borges PR PSC Curitiba Não eleito Ronald Tanimoto SP DEM Campinas Não eleito Paulo Ricardo de Souza Filippus SC DEM Gaspar Não eleito Kleber Romão AM DEM Manaus Não eleito Bernardo Sampaio RJ PSDB Niterói Não eleito Mônica Barreto de Sousa SP PSDB Araras Não eleito Junior Moreira SP PSDB São Bernardo do Campo Não eleito Maurício Dvorak PR PSB Matinhos Não eleito Caroline Rodrigues De Toni SC PP Chapecó Não eleito Kenner Garcia MG PTB Uberlândia Não eleito Gustavo de Mesquita Mota RJ NOVO Rio de Janeiro Não eleito Thiago Dias Pereira PE PSDB Recife Não eleito Valderson dos Santos Cardoso PR DEM Ponta Grossa Não eleito Roberto Zanarolli Da Costa SP PEN Praia Grande Não eleito Alessandro Mazaro SP PTB Itu Não eleito Pablo Amin Cassul de Menezes Calluans SC PSC Joaçaba Não eleito Junior Alves SP PTN Sorocaba Não eleito

Rodrigo Soares Dos Santos SP PHS Araras Não eleito

Related posts

“Olha a maracutaia” Supremo torna sigiloso inquérito da Lava Jato e qualquer divulgação de investigação

admin

“Lembra do Trem da campanha de Dilma?” Nos trilhos da propina, Lava-Jato desmente presidente

admin

Dilma disse em reunião emergencial que rebaixamento da nota não muda nada no Brasil

admin