15/08/2015

19:06

Por: Alberto Silva

Você ainda tem dúvidas de que o Brasil seria muito melhor sem Dilma? Dê sua opinião

Sob vários aspectos, a ascensão da presidente Dilma Rousseff ao poder pode significar uma aventura que sairá cara para os brasileiros durante décadas. A eleição de uma pessoa comprovadamente inexperiente para o cargo pode ser atribuída à dois fatores distintos:

1 – O excesso de esperteza do ex-presidente Lula, que achou que continuaria governando o país através de uma pessoa completamente submissa.
2 – A falta de malícia e o baixo grau de instrução da maioria dos eleitores. Desnecessário lembrar que Dilma faliu uma lojinha de R$ 1,99.
O problema maior é que a soma destes dois elementos resultaria em um equívoco duplamente qualificado, com a concessão de dois mandatos consecutivos à Dilma Rousseff.
Dilma superestimou a robustez da economia do país e isso acabou lhe dando razões para superestimar a própria capacidade. A ilusão fornecida pela margem de segurança de uma economia sólida acabou resultando numa sequência de desacertos primários, decisões desastrosas e ocultação dos fatos.
Dilma confiou demais na potência do motor da economia, mas se esqueceu lubrificá-lo antes de pegar a estrada. Acelerou demais, mas se esqueceu de abastecer o tanque. Sob seu comando, o Brasil desacelera diante de um aclive.
A inexperiência de Dilma em conduzir os destinos da nação dificilmente seria superada por qualquer um dos seus rivais nas duas últimas eleições, tamanhos os equívocos que cometeu ao guiar o país por caminhos tortuosos até chegar em uma estrada deserta de perspectivas.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

92

Clique aqui