04/07/2016

16:51

Por: Alberto Silva

‘Vingança do amor’ Dono de loja doa 400 roupas para moradores de rua depois de ter sua loja assaltada, entenda…

"Vi que eram pessoas que estavam em necessidade extrema, de desespero, porque se sujeitaram a serem pegos e presos por estarem com frio. Se essa é a realidade do meu entorno, o que posso fazer para mudar isso?”, pensou David.

O dono de uma loja de roupas em Florianópolis se “vingou” com amor de um assalto. Os bandidos quebraram a vitrine da loja e levaram dois moletons.

“Às 3h, soou o alarme de vigilância avisando do arrombamento, que haviam quebrado a vitrine frontal e entrado na loja”, contou David Mattos, proprietário da loja, ao G1.

O motivo do assalto deve ter sido o frio que faz na capital catarinense, já que os assaltantes roubaram só dois moletons, deixando para trás uma televisão, um computador e o dinheiro do caixa.

“Vi que eram pessoas que estavam em necessidade extrema, de desespero, porque se sujeitaram a serem pegos e presos por estarem com frio. Se essa é a realidade do meu entorno, o que posso fazer para mudar isso?”, pensou David.

Com a ajuda de amigos e clientes da loja, David arrecadou e doou 400 peças de roupas para 80 moradores de rua. Foram 18 moletons, 87 casacos, 79 calças, 62 camisetas, 26 pares de meias, 21 cachecóis, 10 tocas, seis cobertores e cinco pares de luvas, mais alimentação.

David chamou a iniciativa nas redes sociais de “vingança do amor” e organizou um pocket show na própria loja para que os convidados levassem uma peça de roupa para ser doada. O evento foi um sucesso, mas ele não pensa em parar as arrecadações para os moradores de rua.

“Vamos organizar outras arrecadações, vimos que eles têm grande necessidade de calçados e cobertores. Com a Trupe do Bem, vamos trabalhar para ajudar quem precisa em outras ocasiões”, disse Mattos.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

101