03/02/2015

16:35

Por: Alberto Silva

Vice não aceita derrota e arranca a coroa de Miss Amazonas 2015.

A miss Amazonas 2015 Caroline Toledo (esq.) e a vice, Sheislane Hayalla, que arrancou a coroa da vencedora após o anúncio do resultado

Logo após Carolina Toledo vencer o concurso Miss Amazonas 2015, que aconteceu nesta sexta-feira (30), no Centro de Convenções Vasco Vasques, centro-oeste de Manaus, a segunda colocada, Sheislane Hayalla, arrancou a coroa da cabeça da campeã e jogou no chão. Toda a ação foi gravada por um cinegrafista amador que disponibilizou as imagens na internet (veja o vídeo abaixo).

Segundo uma entrevista cedida para a TV Record local, Sheislane acusou a vencedora de ter comprado o título. “Eu entrei no concurso achando que realmente isso não seria verdade, mas infelizmente aqui está. E ela não poderia ficar com esta coroa porque é do Amazonas e não de uma pessoa com dinheiro”, afirmou.

Além do título de Miss Amazonas e de, possivelmente, disputar a faixa de Miss Brasil concorrendo com candidatas de outros Estados, o que acontecerá em julho, Carolina ainda levou como prêmio um Macbook Pro, um iPhone 6, uma viagem para um hotel no Pará, um curso de idiomas e uma moto zero quilômetro.

Após o evento, Sheilane gravou um vídeo e afirmou estar com a consciência tranquila. “Peço mil desculpas se alguém não gostou da minha atitude, mas fiz o que estava no meu coração. Não acredito que uma candidata que não consiga ficar sem seu maquiador, sem sua mãe, ou qualquer outra pessoa 24 horas por dia, possa representar o Amazonas no Miss Brasil”, declarou.

Ao tirar a coroa da vencedora, Sheislane foi aplaudida por pessoas da plateia e por algumas candidatas derrotadas que ficaram no palco, de onde ela desceu em seguida, sendo acompanhada por seguranças do evento até os bastidores.

Na internet a repercussão foi quase que instantânea.

 

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

81

Clique aqui