16/07/2016

13:09

Por: Alberto Silva

URGENTE – Ministro da Saúde avisa que “SUS” vai acabar, “Vamos ter que repactuar, como aconteceu na Grécia…”

O fim do SUS anunciado pelo próprio ministro da saúde, que país é esse? Em entrevista para Folha no último dia 17, Ricardo Barros afirmou que o Estado não conseguirá garantir direitos básicos dos cidadãos, como o acesso universal à saúde
Barros ainda defendeu o sistema privado: “Quanto mais gente puder ter planos, melhor, porque vai ter atendimento patrocinado por eles mesmos, o que alivia o custo do governo”

O ministro da Saúde, recém-empossado pelo governo Temer, disse que o Brasil não conseguirá mais sustentar direitos básicos dos cidadãos.

Ele disse que faltam recursos e que o governo federal não teria condições financeiras para dar esse tipo de garantia aos brasileiros.

Ele disse que faltam recursos e que o governo federal não teria condições financeiras para dar esse tipo de garantia aos brasileiros.

Sobre a declaração prevista na Constituição, Barros argumentou:
“Em um determinado momento, vamos ter que repactuar, como aconteceu na Grécia, que cortou as aposentadorias, e outros países que tiveram que repactuar as obrigações do Estado porque ele não tinha mais capacidade de sustentá-las”, destacou.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

94