16/01/2018

19:33

Por: Alberto Silva

Urgente, Bolsonaro avisa em vídeo que LULA vai deixar o Brasil uma dia antes do Julgamento, assista

LULA vai deixar o Brasil


Warning: file_get_contents(https://free.sharedcount.com/?url=https%3A%2F%2Fpensabrasil.com%2Furgente-bolsonaro-avisa-em-video-que-lula-vai-deixar-o-brasil-uma-dia-antes-julgamento-assista%2F&apikey=a2ad8859171bb2d2344e31170cd248e9846315ac): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 401 Unauthorized in /home/pensabrasil/public_html/wp-content/themes/pensabrasilportal/inc/share-bar.php on line 10

Urgente, Bolsonaro avisa em vídeo que LULA vai deixar o Brasil uma dia antes do Julgamento, assista

O que todos estavam pesando que seria uma utopia já é uma realidade – LULA vai deixar o Brasil

Bolsonaro veio par as redes sociais anunciar que os assessores de LULA, que dependem de autorização para viajar

solicitaram hoje ao Itamaraty pedido de saída para Etiópia.

LULA vai deixar o Brasil

Já LULA, por ter sido Ex-Presidente, não depende de autorização para deixar o País.

Urgente, Bolsonaro avisa em vídeo que LULA vai deixar o Brasil uma dia antes do Julgamento, assista

Sendo assim, Bolsonaro gravou um vídeo que deixa claro, LULA pode estar armando uma fuga

deixar o Brasil um dia antes do seu julgamento marcado para dia 24/01

ASSISTA AQUI>>

A partir das 8h30, os três juízes da 8º Turma do TRF4 vão analisar o recurso no caso tríplex. Em julho do ano passado,

o petista foi condenado pelo juiz Sergio Moro a 9 anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Urgente, Bolsonaro avisa em vídeo que LULA vai deixar o Brasil uma dia antes do Julgamento, assista

Segundo a sentença de Moro, Lula teria recebido propina da empreiteira OAS em forma de um apartamento tríplex no Guarujá, litoral de

São Paulo, como contrapartida a contratos fechados com a Petrobras durante sua gestão.

Além do ex-presidente, recorreram da sentença de Moro o ex-presidente da OAS José Aldemario Pinheiro Filho (que foi condenado a

10 anos e 8 meses de prisão), o ex-diretor da área Internacional da empreiteira Agenor Franklin Magalhães Medeiros (condenado a 6 anos),

e o ex-presidente do Instituto Lula Paulo Okamotto.

O Ministério Público Federal (MPF) recorreu contra a absolvição em primeira instância de três executivos da OAS: Paulo Roberto

Valente Gordilho, Roberto Moreira Ferreira e Fábio Hori Yonamine.

 

Urgente, Bolsonaro avisa em vídeo que LULA vai deixar o Brasil uma dia antes do Julgamento, assista

De acordo com o tribunal, os recursos possíveis são os embargos de declaração, com pedido de esclarecimento da decisão,

e os embargos infringentes, quando não há unanimidade na decisão entre os juízes. Vale destacar que os embargos infringentes

são julgados pela 4ª Seção do TRF4, formada pelas 7ª e 8ª Turmas, especializadas em direito penal.

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

114