01/03/2017

20:51

Por: Alberto Silva

TERRÍVEL e INTRIGANTE: Família desaparece e rastros de sangue são encontrados na residência!

O misterioso desaparecimento de uma família francesa aparentemente normal, que não dá sinais de vida há 11 dias e em cuja residência foram encontrados restos de sangue, gera interesse e preocupação na França.

Neste primeira quarta-feira (1) do mês de março, a imprensa francesa comunicou o misterioso desaparecimento de uma familia aparentemente normal que mora no oeste da França. A familia, que tem quatro membros, sumiu há cerca de duas semanas e gerou preocupação no país inteiro.

Os membros das família são o casal Pascal e Brigitte Troadec, ambos na faixa dos 50 anos de idade, seus filhos Sébastien (21 anos) e sua filha Charlotte (18). Acredita-se que todos estão desaparecidos desde 16 de fevereiro, pois a partir desta data não foram trabalhar e os celulares de todos estavam e continuam desligados.

Segundo os sites ‘Yahoo’ e ‘DN de Portugal’, que também divulgaram a matéria,a polícia que foi alertada pela irmã de Brigitte, foi à residência da família, uma casa do bairro residencial de Orvault, cerca de 10 km ao norte de Nantes (oeste da França). A promotoria e fontes policiais informaram que manchas de sangue pertencentes a três dos elementos da família Troadec – pai, mãe e dois filhos – foram encontradas no interior da casa onde os quatro residiam, próximo de Nantes. Dois carros da família estavam estacionados junto à casa, mas os investigadores ainda não encontraram o automóvel do filho.Relatórios clínicos indicam que o pai sofreu uma depressão e que o filho mais velho teve problemas psicológicos. Uma vez que o filho foi condenado em 2013 (ainda menor) a cumprir serviço comunitário por fazer ameaças de morte no blogue que escrevia. A promotoria abriu uma investigação por “homicídios voluntários e sequestros”. “Era uma pessoa simpática mas discreta” disse à AFP um colega de trabalho sobre Pascal. “Não falava muito da sua vida pessoal ou da sua família”. Uma fonte próxima ao caso e vizinhos, o pai tinha sofrido de “transtornos depressivos no passado”, e o filho havia apresentado “fragilidades psicológicas”.

A promotoria abriu uma investigação por "homicídios voluntários e sequestros"."

A polícia francesa informou que está investigando o caso como um possível assassinato. Nenhum membro até o momento deu “sinal de vida”.

[Via Agência de Notícias.]

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

109

Clique aqui