30/12/2016

14:13

Por: Dias Zatti e Manuel Freitas Dias Zatti e Manuel Freitas

Temer joga indireta e critica governo petista, entenda.

Em propaganda, o presidente diz que o governo anterior não teve coragem para fazer reformas estruturais no país.

Ajude e levar essa informação mais longe, compartilhe ...

Em indireta ao governo do PT, o atual presidente Michel Temer colocará em cadeia nacional a partir desta sexta (30/12), uma publicidade na qual fala das gestões anteriores não terem tido coragem para fazer reformas estruturais no país. aqui

No vídeo de meio minuto, o governo ressalta que tem tomado medidas que vão ajudar a resolver “graves problemas”, “criando empregos” e “devolvendo a confiança” ao país.

Na quinta -feira (29/12), entretanto,  IBGE divulgou que o desemprego chegou ao 11,9% no trimestre de novembro, taxa mais alta da série histórica que iniciou em 2012.

"O Brasil precisa de reformas que não podem esperar e o governo federal tem a coragem de fazer o que outros governos não fizeram", ressaltou.

“O Brasil precisa de reformas que não podem esperar e o governo federal tem a coragem de fazer o que outros governos não fizeram, tomando medidas que resolvem graves problemas, criando empregos e oportunidades e devolvendo a confiança”, disse.

A propaganda televisiva afirma também que o mundo quer investir no Brasil, “voltou a ser um bom negócio”, apesar do país ainda não estar sendo considerado bom pagador de agências de risco como Moody’s, Standard & Poor’s e Fitch.

O tom do vídeo é similar ao da publicidade publicada pelo governo federal em jornais impressos na quinta-feira (29/12). No texto, o governo afirma que teve a “coragem” para fazer as reformas que “o Brasil precisa” e enumera as mudanças trabalhistas e previdenciárias.

(Via Agência de Notícias e Folha UOL)

Ajude e levar essa informação mais longe, compartilhe ...

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

35
PENSA BRASIL NOTÍCIAS