03/03/2017

08:44

Por: Alberto Silva

SEM PIEDADE: Fundador da torcida organizada do Palmeiras é executado com 22 tiros. VEJA!

Moacir Bianchi , um dos fundadores da Mancha Alviverde, foi assassinado com 22 tiros no momento que parou em um dos semaforos no bairro Ipiranga em São Paulo. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa está investigando o caso.

Um dos fundadores e ex-presidente da torcida organizada Mancha Verde, chamada atualmente de Mancha Alviverde, foi assassinado na madrugada desta quinta-feira (2). Moacir Bianchi foi encontrado morto em seu carro na Avenida Presidente Wilson, na Zona Sul de São Paulo.

Segundo matérias e informações publicadas pelos site ‘G1’, ele levou 22 tiros, segundo o boletim de ocorrência, dentro do carro que dirigia. Bianchi tinha 48 anos. Biachi estava dentro de um carro Honda City preto no banco do motorista, com o corpo caído no banco do passageiro. Segundo o boletim de ocorrência, Bianchi levou cinco tiros na barriga, cinco no pescoço, três no ombro direito, um no rosto, um no lado direito do tronco, cinco no braço direito, um na perna direita e outro na cabeça. Uma testemunha relatou que quando Bianchi parou no semáforo, dois veículos pararam atrás deles. Os suspeitos saíram do carro que parou por último e fizeram os disparos. Os motoristas dos dois veículos deram marcha ré e fugiram. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O carro da vítima está no 17º DP (Ipiranga). A Mancha Alviverde, principal torcida organizada do Palmeiras, anunciou nesta quinta-feira que encerrou suas atividades por tempo indeterminado.

Acredita-se que a morte de Moacir pode ter sido encomendada ou realizada até por membros de outras torcidas rivais.

Bianchi levou cinco tiros na barriga, cinco no pescoço, três no ombro direito, um no rosto, um no lado direito do tronco, cinco no braço direito, um na perna direita e outro na cabeça."

CONFIRA abaixo a nota oficial que a Torcida Mancha Verde publicou;

” Hoje recebemos a triste notícia que nosso fundador e ex-presidente Moacir Bianchi foi encontrado morto.
Não temos palavras para descrever o que sentimos nesse momento. Uma pessoa que tanto lutou para que a Mancha Verde pudesse se tornar uma grande torcida, e para que a torcida do Palmeiras fosse respeitada. Moacir fez da Mancha Verde a sua vida.
Seu nome está escrito em nossa historia e jamais será apagado. Que Deus possa confortar toda sua família e receba nosso fundador em um bom lugar.
Informamos também que em meio a diversos problemas que a torcida vem passando, e em cima dessa notícia de uma morte que deixou todos nós da torcida completamente abalados, comunicamos a todos os associados que a torcida Mancha Alviverde, após 34 anos de fundação, está encerrando suas atividades por tempo indeterminado.
Obrigado a todos que até aqui ajudaram a construir o nome da Mancha Verde.”

 

 

[Vi a Agência de Notícias.]

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

113

Clique aqui