18/07/2016

14:47

Por: Alberto Silva

Seguranças e amante de Lula também gastaram com cartões corporativo

O escândalo dos R$ 615 milhões gastos pelos petistas com cartões corporativos (veja no post anterior) inclui os seguintes episódios relatados pela IstoÉ:

1) Em São Bernardo do Campo, seguranças da família de Lula compraram equipamentos de musculação com os cartões da Presidência.

2) Seguranças de Lurian, a filha de Lula, gastaram cerca de R$ 55 mil em uma loja de material para construção.

A ex-secretária e amante de Lula, Rosemary Noronha, também está na mira da Polícia Federal, que aguarda uma decisão do Judiciário para ter acesso a gastos com esses cartões e concluir investigações sobre tráfico de influência que teria sido praticado por ela. A suspeita da PF é que Rosemary tenha usado o cartão corporativo durante anos para bancar gastos pessoais.

3) A ex-secretária e amante de Lula, Rosemary Noronha, também está na mira da Polícia Federal, que aguarda uma decisão do Judiciário para ter acesso a gastos com esses cartões e concluir investigações sobre tráfico de influência que teria sido praticado por ela. A suspeita da PF é que Rosemary tenha usado o cartão corporativo durante anos para bancar gastos pessoais.

Eu entendo. Como dizia o velho samba de Chico da Silva:

“É preciso muito amor / Para suportar essa mulher / Tudo que ela vê numa vitrine ela quer / Tudo que ela quer, tenho que dar sem reclamar / Porque senão ela chora / E diz que vai embora, ô / Diz que vai embora…”

Compartilhe:

Comentários

* O Pensa Brasil não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários e se reserva o direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.

Mais Lidas

100